segunda-feira, 31 de março de 2014

Um osso duro de roer...

Putaqueospariu...  assim não dá... nós avisamos que com aquela LERDEZA levaríamos tunda.

Ok, sem Valdívia, Kardec, Prass e até o Wendel (que fez falta pra cacete). Mas eu falo da defesa.
O time no fim do jogo cansou. CANSOU. Deu PENA de ver a defesa correndo dinossauricamente atrás do contra ataque do Ituano.

Tudo bem, o Lúcio é experiente e tals. O Wellington uma boa revelação. Só que formam uma zaga alta mas pesada. Peso visto no lance do gol...

Agora, o Paulo Nobre que se segure e arme bem as trincheiras, pois aí virá fogo pesado, arma química, paraquedista e submarino nuclear...

O caminho está certo, mas há pedras nele. Muitas. Oposição frontal contra torcida organizada é uma. Sensação de descaso ao associado é outra. E um treinador que parece não ter malícia ou competência suficiente pra fazer o time render em momentos de pressão, talvez a maior delas.

Pedras em vários níveis. Que devem ser roladas e bicadas, do jeito certo. Vamos resolver um modelo de relacionamento com as organizadas, dar uma satisfação maior ao associado e colar o treinador na parede.

Onze contratações filhão. Pra perder do Ituano? Osso hein... osso duríssimo de roer pra 31.000 pessoas presentes ao estádio, e mais alguns milhõezinhos de fora... o caminho pode até estar correto, mas se continuar dirigindo a carroça desse jeito, não verás o destino final. ARRUMA ESSA PORRA, CAZZO!

sexta-feira, 28 de março de 2014

É assim que se toca a bola!

Quando o jogo é eliminatório sempre há um certo nervosismo no ar. É aí que a calma fala mais alta e manda o time tocar a bola sem pressa.

Faltou isso contra o Santos (que fez marcação forte em nosso campo), mas não contra o Braga, time que dividiu a renda apesar de ser visitante e ainda saiu do Pacaembú esbravejando contra o valor que levou. Ter um Chedid na diretoria dá nisso...

Mas voltando ao que é sério, é fácil ouvir alguém da imprensa chamando o Valdívia de cai-cai. Mas notar que o cara leva bordoada todo jogo é demais pro ego midiático. Jogou muito o Valdívia, robou bola, deu assistências maravilhosas, infernizou o adversário. Show.

Só precisamos saber como jogar SEM ele pois será ultra visado pelos próximos adversários. Alguém deve jogar mais próximo a ele, caso contrário será bola perdida toda hora.
Muita atenção contra o Ituano e sua forte defesa, compacta e catimbeira. Pra isso, a vacina é calma e uns belos chutes de fora da área com direito a rebote.

Parabéns à torcida que compareceu bonito ontem no Pacaembú. E continuará repetindo a dose sempre que um futebol dedicado e envolvente assim for apresentado. Principalmente contra os times “grandes”. VAMOPALMEIRAS!!!

quarta-feira, 26 de março de 2014

A ignorância nos condena à eterna desavença


Torcedor que ouve algum conselheiro (ou algo do gênero) dizendo aquele blábláblá de “quadro social sustenta o Palmeiras”, sente um calafrio na espinha.

Qualquer desavisado que venha a estudar o Palmeiras não terá a menor dúvida em apontar essa divisão clara entre uma área social e os demais torcedores como principal fator que nos fode.

Nenhum clube no mundo tem esse confronto tão claro. Lógico que todo palmeirense quer ver o time vencendo. E a maioria dos associados é palmeirense, de fato.

Só que pra muitas dessas pessoas as vitórias do time – apesar de importantes – vem em segundo plano, pois vale mais algo do qual você usufrui todos os dias do que outro que você mais assiste pela televisão.

O interesse pessoal prevalece. A vaidade domina. E o Palmeiras afunda em eternas rusgas. É DEPRIMENTE assistir a esse espetáculo do grotesco, onde as pessoas fazem questão de não se entender, simplesmente pra defender o seu quinhão.

O Paulo Nobre está CERTÍSSIMO  na imensa maioria das ações que tem tomado.  Qualquer um que analise os números verá que as contas estão sendo equacionadas, inquestionavelmente melhores do que há 1 ano.

O que sustenta VERDADEIRAMENTE o clube é sua torcida e isso não se reflete só na bilheteria, mas no imenso número que dá audiência, que compra camisa. Só de sócios torcedores o Palmeiras já tem mais do que o TRIPLO do que associados.

E o que acontece? Guerra contra os Avantis! As organizadas e os associados vem o espaço dado a quem paga exclusivamente por amor ao time (não a sauna, quadra de tênis ou carnaval) como uma ameaça! Só no Palmeiras isso...

Só que uma coisa o Nobre não pode esquecer. De LAMBER o associado como qualquer presidente tem que fazer. Tá deixando de mão aberta pros Pescarmonas & Cia saírem praguejando contra o descaso contra o associado. Eles tem sua razão...

Por favor Nobre... aqui no Brasil não basta ser competente. Tem que ser MALANDRO! MALANDRAÇO! Limpa essa PORRA de piscina, ajeita o fraldário, arranja um restaurante, explica algo sobre a academia de ginástica (que tá só no concreto, eu vi!) etc.

Caso contrário, tendo uma organizada contra e mais os associados a gemer, seu plano de modernizar a S.E.P. pode ir pro saco. E com ele, as nossas ESPERANÇAS de ver o time, um dia, saindo do ARCAÍSMO maldito que o assola por tantas e tantas administrações.

VAMO PALMEIRAS... que a graça de Deus nos livre da cegueira e da ignorância e nos conceda a chance, a chance de sermos unidos.

segunda-feira, 24 de março de 2014

Toda lerdeza será derrotada!

Muito vai ser dito e ouvido sobre essa derrota. Então vou logo nos finalmentes: o Santos entrou muito mais ligado e isso fez a diferença. Um time cheio de reservas com gás e motivação pra mostrar serviço.

Nosso time tem que “pensar e agir” mais rápido. O Santos matou nossa criação no primeiro tempo por lentidão nossa. Taticamente o Marcelo Oliveira complicou. A dupla Eguren-Oliveira não fortaleceu a volância, deixando um espaço na defesa que fazia o Valdívia ter que recuar constantemente pra buscar jogo ou ficar esperando chutão.

Kleina.... Kleina!!!! Treina toque rápido porra! Vamos treinar toque de primeira nessa porra, caralho! Que merda... fica nessa lerdeza que qualquer time rápido destrói. Futebol série A exige pensamento rápido, esperteza, malícia  e inteligência. Liga nessa filhoto, liga nessa!!!

Chega de time CABAÇO. Precisamos de malandragem. Zapt, zupt, tá comigo, não tá mais... participação coletiva, movimentação conjunta, rápida, inteligente. Vâmo lá Kleina, PILHA ESSA GALERA. Quando nos UNIMOS (e jogamos de forma rápida e inteligente) ninguém nos vence!!!



Agressão ao Verdazzo – Covardia!
Quero aqui manifestar total apoio e solidariedade ao Conrado lá do Verdazzo, que foi COVARDEMENTE agredido - antes de sair da Vila.

Conheço o Conrado pessoalmente e posso dizer que é um Palmeirense de primeira, típico, que não tem medo nem papas na língua e por isso paga, como todo mundo nesta bosta de sociedade injusta e covarde, por sua coragem.

Como não sei pormenores, não me adianto no julgamento. Só sei que quem agride de surpresa, em bando, um sujeito sozinho é, COVARDE. Ou bandido... Não importa o quanto se discute, todo HOMEM encara de frente e defende seus argumentos. Agressão gratuita só deixa claro quem já perdeu a discussão e a razão. Força aí Conrado. Que a recuperação seja breve e a volta certa.

sexta-feira, 21 de março de 2014

Adaptando aos novos tempos


Acabou a mamata pro time. Agora é só pedreira.

Acabou a mamata pras organizadas.  Chega de ingresso no atacado.

Parabéns ao Paulo Nobre por ter a visão e a CORAGEM que outros presidentes nem chegaram perto de ter. Adoramos as festas e o incentivo que as organizadas fazem no estádio. Sabemos que atos de violência são isolados. Mas acontecem e queimam o filme geral. Se existe alguém querendo vender sua marca, seja pela imagem de “força” ou o que for, que não o faça as custas do Palmeiras.

Eu não vou a esse jogo contra o Santos. Gostaria, mas tenho poucos pontos no Avanti. Vou melhorar esse ranking pra não ficar fora de outras. Até aceito não conseguir ingresso por não ter chegado a tempo ou não ter pontos.

O que não aceito é alguém garantindo ingresso no atacado pela força, ainda que não duvide um segundo do quanto irão torcer e incentivar nosso time. O mundo está mudando. A tecnologia vai limpar muita bagunça e quem quiser torcer no estádio terá que se adaptar aos novos modelos de venda.As organizadas vão perder um pouco o espaço agora, mas vão de adaptar e continuar presentes, sem stress.

Em frente Palmeiras! Ninguém aqui deve ser refém uma situação e tampouco outros pretenderem ser maiores do que você. SIGA AVANTE!!!

terça-feira, 18 de março de 2014

Globo-Itaquerão - Vexame com cara de Brasil


GRAÇAS A DEUS não fazemos parte desse vexame. Além de ganhar o estádio (de acordo com palavras do próprio ex-presidente, que construiu o Itaquerão com a implosão do Clube dos 13) de uma emissora de TV, que é uma grande corporação de mídia, os caras vão presentear o país com um VEXAME histórico.


O tão divulgado “estádio da abertura da copa” será entregueas pressas completamente mal acabado para o evento do qual amealhou dinheiro pra ser construído. Nem telão o negócio terá. É a cara do Brasil hoje, tosco, mal acabado, mas cheio de desculpas pra justificar a condição espúria em que vive.


O mais legal é que será televisionado pra galáxia inteira e por mais que a FIFA tente acobertar, os estrangeiros não deixarão de notar e notificar toda lambança ridícula que esse país, bem representado ali no canto da Zona Leste paulistana, irá mostrar ao mundo.

Obrigado Curintcha, por ser presenteado e ainda vender exatamente o que o Brasil é hoje. Um grande VEXAME no qual um gigante “acordou” foi ali dar uma mijadinha e já voltou pra dormir... e ainda peidou na cama.