quinta-feira, 13 de março de 2014

Preparados ou não, aí vamos nós.


O Nobre deve ter cantado a bola pela vitória com jogo de volta. Sabe como é, estamos precisando de caixa e qualquer 400 que pingar na conta tá valendo.Além disso o gramado prejudicou muito, sem contar com o juiz.

Torcedor apaixonado é assim, encontra qualquer desculpa pra ineficiência do time. Mas tá na cara. Tá complicado hein Kleina?

Jogo após jogo somos obrigados a assistir o time com as mesmas falhas técnicas. Temos que considerar as limitações e os avanços, com certeza. O Juninho por exemplo, melhorou. E os campos que o time jogou nas 2 últimas partidas estavam realmente lastimáveis.

Mas que falta articulação, ah falta... toque de bola, 1-2, com calma, movimentação. Pontaria ajuda também né Vinicius. A própria defesa, com a saída do Wellington (que substituiu o Henrique com melhoras), ficou desestabilizada.

Fora isso, ainda não se sabe qual a melhor dupla pro Valdívia. Ok, depende do jogo, do adversário. Wesley, Mendieta, Bruno César ainda disputam vaga. Pode até ser sadio, dependendo do que vir pela frente.

Mas agora acabou a brincadeira criançada. Clássico no fim de semana e jogos eliminatórios na sequência. Guarda o dindim pro ingresso, reforça a geladeira, pq aí vamos nós. Haja torcida, haaaaja coração, como dizia o saudoso Gigliotti.

Que o time joge de forma INTELIGENTE e participativa. Com calma e atenção. Porque no fim das contas, parece que é a cabeça que faz toda a diferença. E é aí que a gente pode influenciar. VAMONESSAPALMEIRAS!!!!

Um comentário:

  1. Roberto como vai?
    Hoje o time do Palmeiras é este, MEDIANO, com um técnico ESTAGIARIO, com um presidente MIDIATICO, com uma administração PASSIVA, com um marketing MEDIOCRE, agora acreditar no êxito em alguma competição este ano que é o do CENTENARIO, dependa apenas de nossa ESPERANÇA, pois se não investirem no elenco que é apenas esforçado, não teremos um titulo, já que na hora da decisão, o time patina, este é um fato, pois nem no Paulista temos a melhor campanha, lembrando que o empate contra os ``gambasmoças´´, em um clássico, onde o ``adversario´´, estava morto, refelte a preocupação de todos, perante aos momentos decisivos, esta é uma relato de um torcedor, que esta observando os demais adversários, avaliando que mais quartro contratações corretas, manteria o time no topo , como protagonista ao titulo, fato que hoje não é concreto, haja visto os momentos que sempre são cruciais, nas partidas onde é necessário mais coração e garra, desta forma estamos observando , mas torcendo pelo êxito, um grande abraço!

    ResponderExcluir