sábado, 5 de julho de 2014

A Copa acabou... pro Vagner Ribeiro.

Assim é o mundo de quem só pensa em si e no seu bolso. Dane-se o time, dane-se a seleção, dane-se a nação inteira.

A Copa não é do Brasil nem de ninguém. É apenas a “Copa do Neymar”. Pro empresário, pai, Marquezine e outras Neymarzetes (antes que digam, é lógico que é craque), a Copa acabou.

Então vão embora daqui. Vão lá lamber eternamente o saco de quem lhes sustenta e ESQUEÇAM O BRASIL. Bando de chupa-cabras maldito....

Pois é AGORA que o Felipão tem que ser mais Felipão do que nunca! Transformar o desapontamento, a chateação em RAIVA. RAIVA PRA VENCER.

Agora sim a seleção poderá entrar com um pouco menos de pressão, pois já não tem favoritismo algum. Agora sim os jogadores podem se unir formando um GRUPO que joga coeso e se ajuda.

Esse jogo contra a Alemanha será uma paulada, o Brasil terá que jogar muito. Mas é a chance de tranformar algo individual em coletivo e assim é o futebol. É lógico que preferimos o Neymar atuando, mas nem sempre isso é possível!

É com você Felipão. Já fizeste a cagada de deixar a pressão da “obrigação da vitória” nos ombros da molecada. Vê se agora pelo menos você usa o discurso de “aqui tem macho ou fresco?” e acende o espírito de LUTA que forma um campeão.

É isso que precisa ser ressaltado: vencer agora não é só uma vitória “do Neymar”, mas sim a vitória DO BRASIL. SE JUNTA PAÍS E MOSTRA TUA FORÇA!!!!

Um comentário:

  1. Falou tudo Galluzzi, parecem que querem vender a imagem que a Copa acabou mesmo. Mas se o Felipão que conhecemos continua sendo o mesmo, nós Palmeirenses sabemos que agora subiram as chances do Brasil, porque ele "deve" mandar um time mordido em campo, sem pressão. Deve ser aquele jogo truncado, catimbado sofrido de ver, que o Felipão é mestre em ganhar. Quanto a Vagner Ribeiro e CIA LTDA, que se fodam.

    ResponderExcluir