segunda-feira, 27 de outubro de 2014

Batendo na trave

O Palmeiras jogou o que era possível, diante de um adversário muito melhor colocado na tabela e bem mais tranquilo. Mais uma vez poderíamos ter vencido e foi por pouco..

Melhor do que lamentarmos a perda de 2 pontos tão próximos, é perceber que há até algum tempo nem à essa condição chegávamos. E isso mostra clara evolução.

O time ainda joga com um receio preocupante, mas compreensível. Fora isso, a doação de jogadores como Valdívia (arre que vai!!!) e o Henrique bem que poderiam contaminar um pouco melhor o Wesley, que continua trotando, mas correr que é bom, é difícil.



A defesa, que me perdoe o Lúcio, pode ter errado no fim, mas parece mais ágil agora. Salve Nathan. Salve João Pedro, Vítor Luís e todos os pratas da casa! Os moleque estão bem na fita.

Do ponto de vista tático, fazer o time jogar de forma compacta talvez seja uma das grandes dificuldades de qualquer técnico. Simplesmente porque implica em maior movimentação dos jogadores, faz com tenham que correr mais.

Isso faz falta em nossa em nossa equipe hoje, que não está tendo receio (e nem deve ter), de jogar na defes e explorar o contra ataque. O Dorival sabe que é o que temos pro momento! Só que pra isso temos que ser mais eficientes neste conta ataque, senão ficaremos nesse sufoco sempre!

Nos 2 jogos em que perdemos 4 pontos nos últimos minutos, tivemos chance de ampliar o placar e liquidar a fatura. Então é aí também que o bicho pega.

A vontade de ganhar e o gosto pelos 3 pontos tão próximos tem que servir de motivação pra que o time veja que está mais próximo do objetivo. O caminho está certo! Em frente time!!! TACA-LHE PAU, DORIVAL!

Coração Palmeirense
Esse post é inteiramente dedicado ao Sr. João Correia e à sua família. A passagem é só um momento que coroa uma vida de realizações. Todos nos encontraremos. É só uma pequena questão de tempo. À vida, sempre.

4 comentários:

  1. Sabias palavras. Não podemos desperdiçar chances de liquidar a questão.

    ResponderExcluir
  2. Não que eu goste desse estilo de futebol Wellington, mas acho que é uma boa sacada do Dorival, pra tentar aproveitar ao máximo o pouco padrão de jogo que nós temos. Ano que vem serão outros 500... abraço!

    ResponderExcluir
  3. No programa mesa redonda da Gazeta de domingo houve uma reportagem sobre a despedida do Ademir da Guia no Allianz Parque, depois o Tonhão que estava no jogo e foi ao programa disse que a WTorre quer ajudar a montar um elenco forte pro Palmeiras voltar a ter um time competitivo, ele não disse se seria com dinheiro, gestão ou os dois, mas achei interessante, não sei a quantas anda a discussão da WTorre com o Palmeiras, mas uma coisa eu digo, em relação a gestão a Arena já tem dezenas de Parceiros e o Palmeiras ainda não tem nem patrocinador master, será que isso funciona?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dion meu caro... é impressionante como a gente tende a papagaiar as asneiras que nos contam. Esta BOSTA de WTorre, a mesma que está nos entregando um estádio DIFERENTE do que nos foi vendido (na maior cara de pau) que teve o DESPAUTÉRIO em interpretar um contrato que regia claramente 10.000 cadeiras ESPECIAIS + camarotes da construtora e o restante do Palmeiras, achando que só pq colocou "cadeiras" no estádio todo, todas são dela... e essa que vc está comparando com o NOSSO CENTENÁRIO PALMEIRAS é isso?

      Cara, não se deixe ludibriar. Os caras ACENARAM com essa pataquada de "montar elenco forte" simplesmente pra atrair as mentes ingênuas. Os caras já mostraram MAU CARÁTER ao interpretar CALHORDAMENTE o contrato e agora a gente vai ficar lambendo as bolas dos caras???? PELOAMORDEDEUS!!!!!

      Separe as coisas e perceba QUANTOS times não fecharam um bendito "patrocínio master". Só em termos de comparação o próprio São Paulo, tão "bem estruturado" enfrenta o mesmo problema! Quem fica papagaiando essa balela ignora as evidências mais óbvias!!! O Próprio Palmeiras não poderia ter obtido patrocínio da Caixa porque ainda precisava da Negativa de Débitos, o que só conseguiu há 1 mês atrás!!! Na boa, comparar as "parcerias da Arena" com um "patrocíno master" é desconhecer cabalmente as condições e valores envolvidos no processo.

      Dion, acredite NO PALMEIRAS. Desconfie das manchetes (leia várias fontes independentes) e na boa, não caia na história de investidor que já mostrou que SEU INTERESSE FINANCEIRO está acima dos interesses do Palmeiras. Liga nessa fratello.

      O que mais me dói é ver a nossa torcida tão desinformada. Maldita mídia...

      Excluir