segunda-feira, 15 de dezembro de 2014

Bem vindo Oswaldo.

Eu sempre achei esse Oswaldo de Oliveira meio bunda. Agora ele terá a chance de mudar minha opinião. Pegar o Palmeiras da forma destroçada que está e fazer algo produtivo não é pra qualquer um não.

E será o Oswaldão2015 pra arrumar a bagunça. Quem sabe... ele é simpático, educado e articulado. Da escola Wanderlesca, Oswaldão conseguiu trunfos em lugares piores então por que não? O Palmeiras é um time que precisa de INTELIGÊNCIA e isso o cara tem.

Por favor, vamos acolher bem o treinêro e dar tempo pra cara acertar. SEJA MUITO BEM VINDO Oswaldão. Aqui é no superlativo mesmo. Oswaldão no Verdão, estourando a boca do balão. É bom que veio na hora certa e terá tempo pra toda pré-temporada, estudar o elenco etc.

Falando é pré-temporada, que o time inicie o Paulistão com o TIME SUB20, ou similar. Só não podemos reduzir uma importantíssima pré-temporada por conta de 3 ou 4 jogos contra o Itapemirim, Jandaiatuba e Cocaia. Com todo respeito...


Teto salarial.
Engraçado ver alguns jornalistas (daqueles dinosáuricos) sentando a lenha nos “clubes” por pagar quantias astronômicas aos seus jogadores. Mas vem cá, ô dinossauro e me responda: QUE ALTERNATIVA os grandes clubes tem? Se não pagar não tem. Se não tiver, é um time “barato”, execrado pela torcida. 

A própria imprensa destilou poemas ao Cruzeiro, com sua folha salarial de 12milhões por mês, a maior do país. Quando o Palmeiras TENTA fazer algo inovador nesse sentido, ao envolver o jogador em sua produtividade, é apedrejado. Teriam os clubes alguma força pra chegar numa CBF e falar “imponha teto salarial”? Não é o interesse de uma CBF, pelo contrário.


Resumo da Ópera: é fácil sentar a lenha nos “clubes” e seus “dirigentes”. Agora, pra falar dos JOGADORES, seus EMPRESÁRIOS e sua sanha arrecadatória, não. E nessa o torcedor fica com sua opinião distorcida mais uma vez, só pra variar.

domingo, 14 de dezembro de 2014

O erros da Torre de Papel

Reproduzo aqui um comentário que fiz lá no palmeirastododia.com e que achei que fosse ser xingado. Mas pela boa receptividade percebo que o pessoal já está acordando pra realidade, então caros irmão, aí vai:

Fratelli, na boa... me considero um APAIXONADO pelo nosso estádio. Seja antes como o Palestra Itália, ou agora. E é por conta dessa paixão que tem batido uma indignação crescente.

Sei que ainda estamos na fase de DESLUMBRAMENTO pelo estádio novo. Mas não podemos continuar CEGOS para o que está acontecendo. Essa Wtorre parece que “comprou” a imprensa e somos condicionados a um mimetismo nauseante, onde parece que todo mundo fica inerte à situação

Quero deixar claro que sempre fui a favor da Arena. Sempre, de forma irrestrita. E as opiniões que aqui expresso são fruto de uma análise própria, baseada nas observações feitas depois de assistir 2 partidas na Arena e concentra-se basicamente no que DEVE MELHORAR, ou poderia ser melhor.

FUI À ARENA E VI:

1) A saída de torcedores do setor superior tem GARGALOS nas escadas rolantes, causando AGLOMERAÇÃO na saída, que nunca existiu antes. Precisa arrumar isso!

2) A própria ENTRADA pela Matarazzo possui POUCAS CATRACAS o que causa ENORMES FILAS. É incabível que num projeto atual isso não tenha sido equacionado.

3) O espaço entre fileiras de cadeiras é apertado. Qualquer um com a perna maior tem que ficar de pernas abertas ou de lado.

4) Nosso símbolo foi estuprado, com um RIDÍCULO INFLÁVEL no lugar onde tínhamos nosso antigo símbolo atrás do gol.

5) Nosso símbolo AINDA NÃO FOI COLOCADO NAS COLUNAS. Uma afronta aos torcedores do time.

6) As colunas não foram feitas com o REVESTIMENTO nem o DESENHO proposto, OPTANDO-SE POR UMA CONSTRUÇÃO VISIVELMENTE MAIS BARATA

7) Buracos imensos (para entrada de equipamentos e público) foram abertos na arquibancada inferior, o que pode ser bom para uma arena de espetáculo, mas tira lugares preciosos dos torcedores, Deveriam ter sido concentrados atrás dos gols (pior visualização)

8) Na arquibancada superior entre o setor leste e norte há um CURRÓ feito pra imprensa, outro elemento de um mau projeto que tira inúmeros lugares dos torcedores;

9) A falta de planejamento que não contemplou uma divisão de torcida e acabou com uma GRADE improvisada no meio das cadeiras da arquibancada inferior entre os setores sul e oeste;

10) O projeto simplesmente NÃO CONTEMPLOU LUGARES À MÍDIA IMPRESSA, tendo esses que ser feitos às pressas e às custas de mais lugares destinados à torcida.

11) O estacionamento (subterrâneo) proposto no projeto não poderia ter sido apresentado, pois nem mesmo aval da prefeitura teve, o que deveria ter sido analisado antes.

12) A entrada de ônibus de outros times foi projetada pela TURIAÇÚ, um equívoco absurdo cometido somente por quem nunca havia pisado antes no Palestra Itália, pois saberia que os arredores impossibilitam tal ação. A entrada de ônibus de
outras delegações deve ser feita pela Matarazzo e todos sempre souberam disso. Menos as mentes provilegiadas que fizeram o projeto.

13) A pior FACA NAS COSTAS, a intenção da construtora em se apoderar de todos os assentos, sendo que é claro no contrato 10.000 cadeiras especiais e camarotes da Construtora, restante do Palmeiras.

14) As NOJENTAS declarações de um infeliz qualquer que vem a público insinuar que o estádio é dele e não mais do Palmeiras. Na boa isso pra mim é 1942.



Não queria que isso fosse visto como uma coisa de ranzinza, apenas uma visão CRÍTICA REALISTA de um torcedor apaixonado por um local que me acostumei a chamar de CASA. Valeu

terça-feira, 9 de dezembro de 2014

Carta ao Nobre Noel

Caro Nobre Noel, segue a carta de um bom torcedor (assim espero!):

PALMEIRAS DISPENSA:
Lúcio, Bernardo, Bruno César, Egúren, Juninho, Victorino, Wendel, Wesley,
Marcelo Oliveira, Bruno, Deola, Diogo, Felipe Menezes e Weldinho.

PALMEIRAS CONTRATA:
CLAYTON XAVIER, PAULINHO, MONTILLO, FRED e RAFAEL SÓBIS.

REINTEGRA no máximo 3 (João Denoni e mais 2).

Técnico Cuca ou Mano Menezes. Mantém o cubano que recuperou o Valdívia na parte física. Alexandre Matos & Cia.

Refaz toda orientação criativa de marketing focando no conceito  "bela torcida”, explorando as características em comum entre os palmeirenses, que devem orientar toda comunicação do clube: Força, Estilo, Paixão, Lealdade, Disciplina, Irreverência, Cultura, Personalidade, Tradição e Vanguarda.

Uma linha de uniformes cabulosa com estilo próprio marcante e um espetáculo com luz, som e mosaicos 3D antes de cada jogo. E a Turiaçú fechada. E sem fila pra entar, já que o projeto do estádio é novo. Um belo patrocínio Master e crescimento contínuo do Avanti, rumo aos 100.000.

Parece utopia mas é planejamento.

É ISSO QUE TE PEÇO NOEL!!!! PRA NÓS QUE SOMOS MILHÕES... E vamos pra 2015.

Símbolo inflável?

A personalidade, a alma com que o Palmeiras entra em campo  pode ser comparada ao nosso símbolo dentro do estádio.

Quem se lembra de nosso símbolo atrás dos gols? Ainda que não fosse a coisa mais moderna do mundo eram grandes, em dimensão proporcional à grandeza do clube.

Hoje, o símbolo atrás do gol foi reduzido (espero que tenha sido só pra esses 2 jogos) a um INFLÁVEL. Sim irmãos, é isso mesmo. Um INFLÁVEL ridículo, que mais parece um COLCHÃO DE MOTEL. Tal como a personalidade do nosso time. Reduzida a um inflável de 3ª categoria, no maior estilo sex doll. Vexatório é pouco.

Não há mais espaço atrás do gol, va benne, mas achem outro lugar apropriado pombas!

Querem outra? A forma como o próprio funcionário (deve ser da Torre não é possível) retira o símbolo (o mesmo das antigas) do centro do campo, puxando pra fora como um pano de chão... meu Deus, essa gente não tem noção mínima de identidade visual ou corporativa.

Não é possível um time marcar sua identidade tendo seu símbolo MALTRATADO dessa forma. Símbolo é sagrado (tal como o panteão nacional – ao contrário de uma mera logomarca de empresa), deve ser posto no lugar mais alto, grande, com luz atrás e brilhando pra todos verem.

Pega essa porra de logomarca sei lá o que Porres e põe lá no inflável essa merda. E o NOSSO SÍMBOLO, do time que tem 100 ANOS, veja se usa materiais de primeira pra fazer, daqueles backlights animalescos, com letra caixa moldada 3D. Não venham com essa ridícula loninha impressa não.

E na hora de retirar o símbolo do centro do campo não use um ENERGÚMENO que o tira que nem a fralda do seu filho e sim 3 pessoas treinadas e com cérebro suficiente pra pelo menos enrolar a peça com o devido RESPEITO.

E a pergunta fica... CADÊ OS SÍMBOLOS FIXOS DO PALMEIRAS NO ESTÁDIO SR. TORRES? ALTO ILUMINADO E EM BOM TOM.

segunda-feira, 8 de dezembro de 2014

Passa borracha e começa do zero!

PUTAQUELOSPARILES! POR UM TRIZ!!!Com ajuda dos outros e – na minha opinião – um belo trabalho de bastidores nessa última rodada que nos garantiu na série A.

Estava lá no estádio. Tiozinho passou mal do meu lado. Neguinho chorando... na tua conta hein Nobre? Liga aí porque agora é que as cobranças devem ser feitas.

Não adianta depois ficarmos reclamando de técnico ou jogador. A pressão deve ser feita agora. E já vamos começar:

Dorival rima com o que? Tchau. Tchau Dorival. Tchau Brunoro. Tchau Wesley! Mas um TCHAU retumbante, do tamanho das VAIAS que tu ouviste nas últimas 2 partidas em casa. Você é TUDO o que o Palmeiras NÃO PRECISA num jogador. Que se acha pra caralho, custa tubos e só se empenha na hora de chamar o time pro campo.

Lúcio. Lúcio meu caro. Obrigado por tudo. E com todo respeito, preserve a memória de uma carreira tão bonita. Fora do gramado. Porque dentro dele será só queimação de filme. O desespero da torcida ao perceber que era o Nathan que havia se machucado deu a clara dimensão disso.

Mas dimensão mesmo que dá a esse time são jogadores como o Prass e o Valdívia. O Valdívia então, ontem foi um espetáculo a parte. Literalmente, ganhou jogadas com uma perna só! Passes perfeitos. Só faltou um ou 2 arremates ao gol, porque do jeito que o Atlético estava abrindo, não seria difícil a bola entrar.



Prass, Nathan, João Pedro, Vítor Luis, Renato, Valdívia, Henrique podem fazer a base inicial. Dos argentinos o Allione pode ter mais chances. Tobio, Cristaldo e Mouche, é pra analisar. O resto, passa régua e manda a conta.

MUDA TUDO. Mas deixa o Valdívia... era o que se ouvia mais ontem na saída do estádio. Um alívio misturado com indignação e até uma certa vergonha, de ter se salvado na base da incompetência alheia.

NOBRE, AGORA É CONTIGO. Tenha calma, pense bem, faça as contas se reuna com precisa e não hesite em ousar. Um ou outro nome que DIVIDA a responsa com Valdívia e o mais importante: JOGADORES COM PERFIL ESPECÍFICO.

Que entenda como é o jeito do clube e goste disso. Dessa cobrança, dessa paixão de torcida. Do valor que ela dá pra quem mostra empenho, confiança, liderança. E talento. ACADEMIA, CAZZO!!!

O Palmeiras precisa resgatar sua IDENTIDADE e deve começar formando o time com jogadores de PERFIL semelhante, ao invés de um bando que se junta só por dinheiro. É lógico que isso é determinante, mas não pode ser fator único, senão o espírito de grupo mal se forma!

FORÇA NOBRE, ACELERA A BAGAÇA!!! Agora vamos começar a cobrar e quem quiser sugerir nomes, é a hora. No próximo post vamos analisar os técnicos disponíveis e falar um pouco mais da nossa casa e da reforma que fizeram nela. Com respeito, mas sem deslumbre. Tem muita coisa ainda a ser feita.

VAMOPALMEIRAS!!!!!

quinta-feira, 4 de dezembro de 2014

Pelo fim de uma temporada desastrosa.

Que o politicamente correto - essa praga de comportamento de salão que se desfaz na primeira virada de costas – assola a mídia, todos sabem.

É uma praga pois supõe as pessoas de uma forma que elas não são. Fica todo mundo fazendo cara de bonitinho quando na real são um bando de abutres. Esse é o politicamente correto: vestir o lobo com uma pele de cordeiro, mesmo que lhe caia ridiculamente mal.

Só que o inverso também ocorre... da mesma forma como passam o pano pra calhordas, demonizam pessoas que à própria mídia interessa que assim sejam vistas. E assim fazem conosco.

Imaginar, cogitar, levantar a hipótese ou simplesmente pensar num Palmeirense depredando (ou qualquer coisa do tipo) seu estádio, aquele pelo qual ele tem verdadeira paixão e estava louco de saudades, aquele que surge como uma das poucas honras que tivemos neste centenário, é ter geléia no lugar do cérebro. E desinformar.

Pra vender mnchetes estupidamente inúteis, não faltarão comentaristas alertando para um pretenso vandalismo, dos “riscos” do jogo etc. Risco é o que essa imprensa marrom cocô deveria ter de audiência, isso sim!

A ARENA É NOSSA CASA, ETERNA. Esse bando de IMBECIS que só querem causar alvoroço sem se preocupar com a informação não tem a mínima ideia do que se passa na cabeça de um palmeirense. Tensão sim, mas nunca descarregaríamos no que temos – hoje – de mais valioso!


É o TIME que tem que ter essa consciência. De que entrarão COM a torcida, não com MEDO dela. Saibam que a torcida está AO SEU LADO! E a partir do apito, tenham um só pensamento: ganhar. E acreditar que amanhã, ou melhor a próxima temporada, vai ser outro dia. Que o novo tempo se inicie.

segunda-feira, 1 de dezembro de 2014

Nobre ganhou, ok. Às cobranças!!!

Pronto Paulo Nobre, você ganhou as eleições e se reelegeu presidente do Palmeiras por mais 2 anos. Pro desespero de alguns, pra esperança de outros.

Você foi um dos únicos presidentes que vi admitindo erros na gestão. Agora aproveite essa admissão e CORRIJA a pá de PEREBAS que VOCÊ aceitou que viessem pro Palmeiras.

Paulo Nobre: o Palmeiras não precisa apenas de bons jogadores. Precisa de AMBIENTE. Precisa de um grupo ativo, coeso, pensante e inteligente.

Paulo Nobre, vamos aqui insistir: o Palmeiras precisa ser RENASCIDO. Volto a dizer: o Palmeiras PERDEU SUA ESSÊNCIA, SUA ALMA, SUA PERSONALIDADE. Lá na década de 70. Sim porque depois disso só ganhamos com auxílio dos esteróides Parmalat. Bombados por um elemento externo pra vencer e sem conseguir repetir o feito sem ele, perdemos o caminho de como ser um time vencedor!

Chega de ser um clube igual a qualquer um. Voltemos ÀS NOSSAS ORIGENS!!! Acredita na torcida Nobre, incentive-a a fazer festa (mas daquelas européias, com luz e som) no estádio, sem depender de um ou outro setor.

Mande embora essa porcaria de Brunoro que conseguiu apagar tudo de bom que havia feito por aqui na década de 90, ficando com a imagem do risadinha.

PARE de bater de frente com a Mancha. E PARE de LAMBER O SACO DO MUSTAFÁ. Peitar organizada não ajuda nada, pelo contrário. E ter o Mustafá te proclamando “herdeiro político” menos ainda.

RENASCIMENTO PALMEIRAS. Se liga Nobre!!!
  • GESTÃO DO FUTEBOL – novos parâmetros para contratação, ênfase no grupo, comprometimento e união. Presença e defesa nas dificuldades, ser linha de frente. Fazer do elenco uma FAMÍLIA QUE SE AJUDA, sempre!
  • RELAÇÃO COM O TORCEDOR – nova comunicação, resgate de nossos VALORES, reforço de nosso DIFERENCIAL, nossa PERSONALIDADE, nossa ESSÊNCIA.
  • IDENTIDADE VISUAL – para marcar as mudanças, algo que defina, pontualmente nosso novo caminho. De uim Palmeiras histórico e MODERNO, pioneiro e com ESTILO ÚNICO.
Faça dessa gestão a PEDRA ANGULAR em nossa história, aquela que muda e sacramenta, definitivamente, uma nova CONDUTA interna (diretoria, conselho, associados) e externa (torcida, mídia).

Só assim nosso time vai voltar a ter ALMA, a ter PERSONALIDADE. Só assim os jogadores voltarão a entrar em campo sabendo quais VALORES estão defendendo. Sem isso não chegaremos a lugar algum! ESSA É A NOSSA CHANCE, NÃO A DEIXE ESCAPAR!