quinta-feira, 22 de janeiro de 2015

Ma che cazzo é o Projeto Palmeiras?

Muitos falam e estão se perguntando, ma che cazzo é esse Projeto Palmeiras? Porque a palavra tomou as ruas de assalto, virou moda? É O SEGUINTE fratellada:

Toda entidade que consegue um “pacote de investimentos”, uma aporte de receita que lhe confere capacidade de se estruturar e reforçar, tem como base um planejamento de metas bem definido.

Esse planejamento de metas nada mais é do que um conjunto de ações administrativas que a entidade estipula pra cumprir uma determinada condição. A do Palmeiras era sair da lama financeira e voltar a ter condições de investir no futebol.

Esse planejamento de metas gera um “projeto” que – no caso do Palmeiras – prevê a exposição da marca e as condições de receita e despesa que o clube terá.

O que o “projeto” do Palmeiras previa era a equação financeira pra que, em 2 anos, o clube voltasse a ter sua receita integral (cotas de TV, patrocínio, licenciamento etc.) sem comprometimento com dívida. Comeu o pão que o diabo amassou nesse período, mas conseguiu o planejado.

A partir daí, e com a “fama” de ter cumprido sua meta voltando a ser um clube com o salário pago em dia, podendo gastar o que tem, o clube ganhou “bala na agulha”. E é essa “bala na agulha”, esse poder de fogo aliado à disposição de voltar a ser “protagonista” que é a estrutura do tão comentado “Projeto Palmeiras”. Nada mais que isso.

A expressão ganhou vida pois é comum no meio empresarial, ao se fazer um investimento, citar que a empresa tem um grande projeto. Nem sempre um projeto vinga, mas é difícil algum sucesso sem antes ser um bom projeto.

E nesse caso, na hora de “vender o sonho”, como o Alexandre Matos já expressou, trata-se apenas da apresentação de um “projeto” em que todos ganharão. É aí que os jogadores compram a ideia e embarcam nela.

O jogador se vê também como um “acionista” que estará dedicando seus recursos na intenção de valorizar seu capital. Eles sasbem que os períodos de vitória de um clube são cíclicos, sazonais. Algo do tipo “a equipe com o melhor pacote de recursos e investimentos” da temporada.

E hoje a bola da vez é o Palmeiras, com diretoria, comissão e estádio novos e o mais importante, dinheiro em caixa. Esse é o Projeto Palmeiras, com que a diretoria seduz a torcida e os novos reforços. Com um último detalhe em seu final: VENCER! É nóis Palmeiras!!!!

VIVA CREFISA, NOVO PATROCINADOR MASTER!!!!!
Palmeirense de verdade sabe o que é trabalho. Sabe que nenhuma conquista vem sem isso, sabe de berço. CONSTRUIR seu caminho com as PRÓPRIAS MÃOS. Isso é da nossa alma! E na vida não se consegue evoluir, crescer, sem apoio, sem alguma ajuda, sem algum crédito que o impulsione.

Por isso apareceu a CREFISA em nossa vida!!!! Com seu simpático presidente palmeirense José Roberto Lamacchia falou "unindo o útil ao agradável", porque o Projeto Palmeiras é muito melhor. Emocionante. E outra, fechou só com a gente e ninguém mais. SENSACIONAL. Viva CREFISA, alinhada com o espírito empreendedor palestrino!!! GRAZIE!!!!

Contratem o Cubano!!!
Nós já dissemos em posts passados: contratem o médico cubano que tratou o Valdívia. Tragam sua família e papagaio. Mas tragam. Não fizeram, já começa a azedar. Tragam o cubano logo!!! Esse cara tem que ser efetivado aqui! Não deixa escapar!

Nenhum comentário:

Postar um comentário