segunda-feira, 30 de março de 2015

Despedida de Alex faz valer o fim de semana

Acho que não precisa nem comentar sobre o jogo contra o gasoso Red Bull, mais pra ressaca do que partida de futebol. Foi uma porcaria, pois a falta desses pontos pode nos dar condições mais difíceis nas fases futuras.

Mas tivemos a festa de despedida do Alex que foi o exemplo do que é a torcida Palmeirense e o carinho que ela tem por seus ídolos. Ver 3 gerações no estádio é impagável.

Alguns lances valeram o fim de semana. O passe do Evair pro Edmundo. O domínio de bola desse, trocando de pernas pra tirar do goleiro antes de mandar pro fundo da rede. O gol impedido do Evair e sua comemoração espetacular junto a torcida. Imagino a emoção dos torcedores que ali estavam.

Mesmo com os estádios novos – há muito na organização que não é o clube que executa – se a torcida sentisse maior segurança, a presença nos estádios seria ainda maior, haja vista o comparecimento de mulheres e crianças em profusão, como costuma acontecer nesses eventos.

Seja como for vale o fim de semana assistir um pouco do Marcão, do Ademir, de Evair, Paulo Nunes, Alex e Cia. desfilando uma técnica que vai se tornando rara hoje me dia, em tempo de futebol de força e velocidade.


Pois é isso que somos. Uma família apaixonada. Talvez um pouco saudosista sim, mas que não deixa de olhar o futuro com a confiança de quem trabalha e luta por um futuro melhor. Juntos nessa Palmeiras!

20 comentários:

  1. Galluzzi,
    Sinceramente não estou entendendo mais nada. Você virou assessor de imprensa do Oswaldo Oliveira ou continua torcedor do Palmeiras?
    Você está tentando tapar o sol com a peneira desviando o foco da realidade do futebol que o Palmeiras vem apresentando e as consequências, no mínimo econômica, que resultados iguais o de ontem nos trazem. Eu esperava mais de você neste momento. Penso que seria a hora exata para fosse trazido para debate o tema de qual é o Palmeiras real: O de quarta-feira diante do SPFC ou de ontem contra o Red Bull?
    Não é questão de cornetear, mas seria importante que os torcedores fizessem uma avaliação do Oswaldo de Oliveira como comandante do Palmeiras. Penso que ele seja o responsável direto por este futebol pobre que o Palmeiras tem apresentado.
    Assisti a todos os jogos do Palmeiras e, exceto pelo de quarta-feira passada, não vi absolutamente nada de que me animasse com este time que, apesar da quantidade enorme de jogadores que foram contratados, não consegue passar o mínimo de confiança ao torcedor. O Vitor Hugo, por exemplo, é grosso. Só dá chutões, se coloca mal, não tem tempo de bola, falha em todos os jogos. Enfim, não tem futebol para ser sequer reserva do Palmeiras e continua titular absoluto.
    Até quando vamos ter que conviver com a teimosia de um treinador que faz o que sabe mas está longe de saber o que faz?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah João... meu caro. Num dá essa brecha meu amigo. Assessor de Imprensa? Vc tá achando algum rabo preso, que eu levo algum de alguém? Porra fratello, falo exclusivamente por minha consciência.

      Agora já vão começar a cornetar o treinador pelo TRILIONÉSIMA VEZ?????? É sempre a mesma buceta de história!!!!! O Palmeiras não tentou antes com o Mano Menezes? Sabe quanto o cara pediu? Sabe quanto? 600.000 real por mês. Ah cara, pára... para de irresponsabilidade, de falar "sei lá, tinha que contratar outro e pagar o quanto for, foda-se"... não é assim que funciona!

      João meu caro, se vc não está entendendo mais nada serei claro: SOMOS NÓS QUE NÃO TEMOS PACIÊNCIA. Putatorcidachatadocaralho.com.br. Entendeu? KKkkkkk... amigo, não me entenda mal. Sejamos humildes, sem empavonar, sem frescura, caralho. Vc é um cara perspicaz e sei que pode entender. Nossa paixão (e carência de títulos) faz com que fiquemos presos a essa ansiedade que mais atrapalha do que ajuda! Cara, vivi isso na década de 80: o círculo VICIOSO da falta de títulos (e culpa nos treinadores) e depois na década de 90 o círculo VIRTUOSO (com a confiança dos títulos e estabilidade no trabalho)

      Finalizando, nunca falei que o Oswaldo é perfeito, ideal ou o melhor dos mundos. Mas é o que tem possível no momento e com tão pouco tempo não dá pra desenvolver trabalho nenhum. Tem que esperar pelo menos uma temporada, até 2. Ficar achando que é na troca de técnico que vai se resolver é uma grande ilusão, isso sim. Procure lembrar com quantos treinadores o Palmeiras foi campeão nos últimos 30 anos.

      Time bom é aquele que não precisa de um "Jesus Cristo" pra resolver. Pare pra pensar e tente responder porque a gente precisa de 380 treinadores pra conseguir ser campeão... se vc citou "teimosia" talvez seja pela presença dela entre nós mesmos, ao negar eternamente que o problema vai muito além de um treinador.

      Boa a cunversa, que o tempo nos seja amigo. Abs!

      Excluir
    2. Acho que é precoce falar sobre a permanência do técnico no cargo, João Batista. Desculpe usar esse exemplo, mas você se lembra de um certo técnico que teve seu time eliminado de uma pré-competição por um time chamado Tolima? Esse técnico teve um voto de confiança da diretoria e torcida, continuou seu trabalho e foi campeão da tal competição no ano seguinte.
      Porém Galluzzi, acho importante o debate sobre vitórias e derrotas aqui no boteco, mostrar nossa opinião sobre acertos e erros de jogadores e treinador, tudo isso, claro, sem a auto-depredação do nosso patrimônio.

      Excluir
    3. Tbm concordo Franco! Boteco sempre aberto ao debate, não ligue pra cadeira e corneta voando, é só decorativo! Rrsss.abraço!

      Excluir
    4. Galluzzi,
      Pronto descobriu-se todos os problemas do Palmeiras. É O TORCEDOR!
      O Oswaldo Oliveira deu um padrão de jogo extraordinário para o time, mas o TORCEDOR não tem paciência e faz com que o time tome gols do Lulinha e Fabiano Eller.
      Também o salto alto dos jogadores do Palmeiras foram motivados pela impaciência da TORCIDA que pega muito no pé deles.
      Enfim eu acho que vocês estão certos. Não há de que reclamar! Fui!

      Excluir
    5. Ah João, cê tá muito dodói.... rs. Ninguém falou na atuação do time como resultado da impaciência da torcida. O time jogou mal porque demora pra entrosar, só isso. A impaciência da torcida não entende essa demora e pede, de forma precoce, a saída do treinador. E ao longo do tempo a capacidade do time em se fazer campeão vai pro saco.

      Eu jamais disse que o Oswaldo deu padrão extraordinário algum. O problema é que nenhum treinador do mundo consegue esse padrão em pouco tempo - que é o que nossa torcida exige. E antes de ir, por favor, manda uma sugestão de treinador, com preço viável. Vamos as críticas construtivas, valeu!

      Excluir
    6. Galluzzi,
      Vou me despedir citando o primeiro verso de um samba composto em 1963 por Manuel Brigadeiro e João Correia da Silva.
      "Quem não sabe tocar violão, nem pistom, toca surdo.
      Sempre agrada porque nesse mundo tem bobo pra tudo."
      Abs. e até breve

      Excluir
    7. Ah, sou bobo mesmo João. Há mais de 15 anos ouvindo a mesma corneta e insistindo em responder, ser bobo é até uma simpatia... rs. Num esquenta amigão, tá em casa! Mas na volta não deixe de trazer o nome do violeiro e do pistoleiro. Como dizia o Rei, "Todos estão Surdos". Abs!

      Excluir
  2. Galluzzi,

    A torcida do Palmeiras sempre foi imediatista, SEMPRE. Temos que ter mais paciência. Se não ganhar o Paulista não será o fim do mundo. Vale mais uma boa Campanha na Copa do Brasil e no Brasileiro do que esse Paulisteca que não vale nada. O que vale seria pegar um São Paulo no Morumbi, Santos na Vila ou Curica no Itaquera Stadium e ganhar pra dar uma moral. O jogo contra o São Paulo foi bom jogou bem porém pegou um time morto em campo e fez o que tinha que fazer.
    De 1993 pra cá só Felipão e Luxa ganharam titulos de expressão, então calma rapaziada, temos que dar tempo ao tempo. E outra, quem está disponível no mercado? Abelão 700centão por mês? Para neh!!!
    Deixem o homem trabalhar.
    Lembrando que até o fatídico jogo contra o Atlético PR na última rodada tinhamos um time Horrível. Hoje somente o Prass segue nesse time. Tobio não jogou e Valdivia segue fora!! O resto é 100% novo!!!!!

    ResponderExcluir
  3. Falou e disse Douglas, exatcho! Mas que é fueda perder prum time com 4 torcedores na bancada é... rssss.... abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não vem com essa não Galluzzi, tinha 5 e não 4 torcedores no time deles. Eu vi um cara de vermelho no alambrado do outro lado. Que mania. kkkkkkkkkkk

      Excluir
    2. HAhahahahhhhh... aí nóis vai lá e perde. Bora vira o Fusca deles!

      Excluir
  4. E Sábado vendo Alex, Edmundo, Evair e Ademir. Nossa foi muito fodástico.
    Acho que após as 2.456 cagadas que o Paulo Nobre fez no seu primeiro mandata, acho que ele está acertando bastante no segundo, inclusive saudando antigos ídolos e ganhando um $$$ com isso.
    Paciência que o grupo de jogadores é promissor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Douglas, mas talvez a paciência tivesse que ser estendida à diretoria tbm, se vc considerar que no primeiro mandato o cara estava "pavimentando a estrada" pra poder acelerar nessa. Mas pro torcedor isso nunca será desculpa, é compreensível e sempre vai querer título. Isso sem isentar a diretoria de erros, que eles mesmos reconhecem ter cometido. O lance é compreender o que acontece dentro de uma perspectiva de tempo mais ampla. Ou não! rs.... abs!

      Excluir
    2. Concordo, porém acho que 90% da nossa torcida le e ouve os programas que fazem Tempestade em copo d´agua. Pode ver que assim como toda a mídia nossa torcida foi ao céu após os 3a0 contra o SP e ontem após um jogo bem fraco já foi ao Cacás as bruxas. Não podemos ser assim.
      A Diretoria de Conselheiros é o problema, eles ainda possuem muita influência e inflama cada vez que temos um mal resultado. Vira e mexe vemos ENTREVISTA DO MUMU, FRASE DO OSÓRIO FURLAM. É bem foda. É Urubuzada na Carniça.

      Excluir
    3. Correto Douglas, a torcida apenas reproduz o imediatismo cantado na mídia, que precisa dele pra vender. Quanto aos conselheiros, é muita vaidade no mesmo pote... abs!

      Excluir
  5. Galluzzi, é importante o time fazer uma boa campanha no Paulista e na Copa do Brasil pq ai reflete no Brasileiro. Qualquer jogo contra os times grandes será casa cheia. Da pra ter uma média de 30.000 no Brasileiro fácil fácil e o AVANTI deve aumentar também. O clube está se reinventando. Quando você disse várias vezes que o Palmeiras tinha perdido sua identidade eu concordava em 100%. Estamos resgatando aos poucos isso, leva tempo. O problema é a falta de paciência da torcida devido as péssimas gestões dos pupilos do MUMU maldito que nos levaram ao caos. Mas o PALMEIRAS é gigante pela própria natureza e a volta por cima está a caminho.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Douglas, vc ouviu a torcida cantando o hino do Brasil substituindo toda sua letra por "Meu Palmeiras"? Emocionante. Mas tem que fazer mais Douglas, muito mais. O torcedor precisa de uma identidade a qual pertencer. É isso que ele busca. E nesse ponto o clube ainda está longe de mostrar aquilo que pode. Poucas torcidas tem tanta história e a personalidade quanto o Palmeiras. E isso deve ser melhor aproveitado. Valeu!

      Excluir
  6. Galluzzi,

    Ouvi sim, achei muito bom mesmo!!! Cria uma identidade própria e deveria pilhar os jogadores.
    Acho que temos muito a melhorar, mas muito. Mas já demos alguns passos para isso melhor, visto que as antigas diretorias não conseguiram criar nada de engajamento com o torcedor. Tirone, Della Monica, Belluzzo, ninguém fez nada pela torcida. Concordo que com o Allianz Parque fica mais fácil esse reencontro pois o Palmeirense é apaixonado pela Pompéia e o entorno do Palestra, tipo um ritual que perdemos jogando em Pacaembú, Canindé, Barueri. Esses 4 anos foram eternos.
    Fico imaginando o Allianz Parque lotado com muita bandeira, faixas coloridas, vai ser histórico.
    Mas tudo isso vem com um time forte e estrutura de primeira.
    O que me dá desespero de ver é os dois meio campo das cadeiras sempre "cheios" pela metade. A impressão é que todo o estádio está vazio. Poderiam criar uma política melhor de preços de ingressos, não é possível que eles não pensam nisso. De vez de ter 25.000 dando 2.500.000 de renda, poderiam ter 35.000 pessoas com 3.000.000 de renda. Muita ganância explorar o torcedor. Faz uma promoção do AVANTI, quem for 5 jogos seguidos ganhar 70% de desconto na Cadeira central...sei lá inventa.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tbm acho, aliás vou pilhar isso nos próximos posts. Tudo bem que nossa festa é bonita, mas comparado ao que fazem na Europa, é festa na laje.

      Sobre a precificação, acredito que ainda esteja em fase de observação e alguns valores serão revistos. ABs!

      Excluir