quinta-feira, 26 de março de 2015

O jogo, o gol, o êxtase. Confiança e superação.

Fratellada, ainda rouco e com a cabeça pesada depois da comemoração, mas de coração leve depois da sacolada nos maurícios do Jd. Leonor.

Clássico é clássico e alí só vai cascudo. São aqueles jogos que a gente nem fala em casa que vai, pra não ficar ouvindo groselha. Mais do que festivo o clima gera uma certa apreensão.

Ainda que tenha sido uma partida que não valia nada pro campeonato, vá falar isso pro elenco hoje. Confiança não vem fácil. Vem nessas ocasiões, quando o time percebe que tem mais força do que imaginava.

Não foi apenas uma goleada (3x0 em clássico é goleada). Foi O JOGO que o time precisava pra ganhar confiança. Atípico? Sem dúvida, o atropelo foi inédito. Mesmo na última vez que fizemos isso (3x0 no chapelaço do Alex) o adversário não foi tão explicitamente dominado.

E o gol? O GOL do Robinho, que aos 3min. de partida já colocou o prélio numa esfera exclusiva. Quer DESTRUIR o tricolete? Acerte seu GOLEIRO. Acertou alí, o resto desaba. E foi o que fizemos, magistralmente.



Esse gol do Robinho poderia ter um nome. Gol “aposenta Rogério”. Mas deixa pra lá, cada um com seus problemas. Graças a internet a gente pode ver e rever o lance trocentas vezes, e não cansa. E não será apagado, nunca.

Hoje, o Palmeiras amanheceu enebriado pelo êxtase da noite anterior. Pés no chão, lógico. Mas o coração está mais leve e a cabeça, ainda que zonza, já percebe que melhores dias voltarão.

Palmeiras, confia e supera!  

3 comentários:

  1. Galluzzi,
    Acredito que dos 5 Gols mais bonitos que vi o Palmeiras fazer, 3 foram em cima do São Paulo.
    1993 - Gol do Cesar Sampaio
    2002 - Gol do Alex (pra mim o mais bonito gol da história do Morumbi)
    2015 - Gol do Robinho ontem, até agora o mais bonito do Allianz Parque.

    O do Diego Souza em 2009 no Parque Antártica foi até mais bonito do que esse do Robinho mas por ser em cima do R Ceni Mico foi mais legal concorda?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo total, Douglas. Esse é o 4º ou 5º jogo que vou no Allianz e acho que foi a primeira grande emoção em nosso novo estádio. Como está escrito naquele "Arte da Guerra", a melhor maneira de acabar com seu oponente é eliminar sua força. Quando o Rogério falha, todo time do SP sente. Impagável... abs!

      Excluir
    2. Concordo, precisávamos de um jogo desse para batizar o Allianz Parque. Deu tudo certo pro nosso lado, time jogou bem, torcida apoiou, coisa linda.
      Ano passado com aquele time não dava pra esperar muita coisa. Era melhor ter inaugurado o Allianz só em 2015 mesmo, mas negócios são negócios.
      Eu acho que o time do Palmeiras vai ter muitos altos e baixos ainda, mas aos poucos vai tomando uma cara. O importante hoje em dia é ter intensidade de jogo e a bola não pegar fogo no pé e quando a bola passa pelo Zé Roberto, Arouca e Robinho a bola esfria, se acalma. Ano passado a bola ia pro maldito do Wesley, toda jogada passava por ele e dava no que dava.
      Faltou um corinho xingando ele ontem.

      Excluir