segunda-feira, 16 de março de 2015

Vaia precoce é tiro no pé.

Sempre tive e terei uma identificação muito grande com nossa torcida. Por isso dá nos nervos vê-la reproduzindo um comportamento PRECOCE e INFANTIL de vaiar seus próprios jogadores.

É muita infantilidade e desconhecimento básico de como funciona a psicologia de grupo, fazer algo puramente emocional e totalmente contraproducente como partir a vaiar jogador num momento em que seu futebol não está brilhando. Ainda mais quando seu talento e aplicação são notórios.

Achar que alguém vai jogar melhor depois de vaia é de uma ignorância atroz. Basta procurar na memória pra ver se há um único e sequer exemplo disso. Não há. A vaia traz insegurança e desmotivação, pois o jogador não se sente reconhecido.

Longe de mim ficar passando a mão na cabeça, mas por uma simples questão de EFICIÊNCIA, vaiar jogador do próprio time – com raras exceções, tipo Wesley – é um verdadeiro TIRO NO PRÓPRIO PÉ pois não só o jogador se desmotiva quanto o próprio elenco abraça a causa de quem foi hostilizado e AO CONTRÁRIO DE UM BURRO QUE APERTA O PASSO DEPOIS DA CHIBATA, o jogador sente a torcida injusta e distante, o que faz o empenho pela camisa ir ralo abaixo.

Por essas e outras as palavras do DUDU sobre as vaias ao Allione foram perfeitas. Acostumado ao passionalismo gaúcho, estranha essa cobrança injusta, precoce e infantil. Quer ver seu time vencer? Apoie! O treinador que tire o jogador depois, mas a torcida precisa passar CONFIANÇA ao time, não pressão desmedida e precoce.

Confiança você dá observando (mas não criticando em demasia) o erro e apoiando enfaticamente os acertos. É isso que faz o jogador melhorar. Para a parte dos jogadores, que entendam também que o torcedor está pagando bem caro pra assistir o time e uma cobrança um pouco maior é natural (ainda que não ajude porra nenhuma) por conta disso.

Considerações feitas, se quisermos ser diferenciados, que seja na base da INTELIGÊNCIA e não só no teor de cobrança que vem da arquibancada, que sempre foi apontado como um dos maiores do país (além de ser uma dos fatores que mais afastam e inflacionam jogadores pra aceitar jogar aqui).

Se quisermos que o time jogue com inteligência, o mínimo que devemos fazer é agir de acordo. Palmeirense não se esqueça: VOCÊ É PARTE DO TIME. E "vamo que vamo" Palmeiras.


4 comentários:

  1. Estive na Paulista ontem e vi muitas camisas do Palmeiras. Tá certo que foi logo após o jogo, mas você soube de alguma combinação neste sentido.
    Fora Dilma! Fora PT!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não soube não fratello, mas como teve a saída do jogo e o Palmeirense corre pelo certo, não é de se espantar. Por outro lado, na sexta feira devia ter um monte de pelego curintcha lá nas manifestações de sindicato chupando lula. Cada um no seu quadrado né... rs. Abs!

      Excluir
  2. Galluzzi,
    Eu não criticá-lo mas vou discordar completamente de você. Quem deu um tiro no próprio pé foi o Dudu com sua infeliz reclamação da torcida. Ele perdeu uma grande oportunidade de ficar do lado da torcida que tem sido exemplar e tem apoiado o time o tempo todo. Veja que as declarações do Prass e Robinho são contrárias às do Dudu e eles estão corretos. A última coisa que se espera é que venha um jogadorzinho qualquer utilizar e rede social para reclamar do maior aliado do time. O Dudu deveria se preocupar em jogar mais (melhor) e falar menos. Continuar assim, em pouco tempo vai ter uma legião de torcedores pegando no pé dele. Outro que precisa melhorar muito é o Oswaldo de Oliveira que até agora não conseguiu dar um padrão ao time.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pode criticar, discordar a vontade João, é nóis. Mas REAFIRMO cada palavra que disse.Nossa torcida tem ficado muito babaca... vai falar que o Allione não joga bola? Não tem o menor cabimento, o cara joga algumas partidas mal e a torcida - de uma forma infantilóide e precoce - passar a vaiar o cara.

      Não tem essa de querer ficar fazendo média com a torcida não! O cara defendeu o companheiro e isso é ótimo pro grupo, tem mais é que falar o que acha mesmo. Os caras tem que JOGAR e não ficar alisando torcida. E nós temos que torcer e não sermos alisados.

      E outra, não duvido que venham a pegar no pé dele não... nossa torcida - infelizmente - é cheia disso. Agora pare e se pergunte porque tantos jogadores se recusam a vir jogar aqui ou quando o fazem, aumentam sua pedida salarial. Porque chegam aqui e se não se "comportarem" passam a ser "um jogadorzinho qualquer". Me desculpe João, mas acho essa mentalidade totalmente infantil, mimada e furada. Já cansei de ouvir que a torcida do Palmeiras é a mais chata entre todas. Agora me diga... aonde a gente chega com isso? Pensa bem fratello... valeu!

      Excluir