segunda-feira, 3 de agosto de 2015

A derrota desvela os erros

Pessoal, sejamos sinceros... palmeirense é apaixonado e junto disso vem uma empolgação para deixarmos definitivamente a parte de baixo da tabela. Só que essa empolgação, vinda após a goleada sobre um time que pede goleada, nos cegou para alguns pontos que, enquanto não forem corrigidos, nos deixarão a mercê de derrotass, como a de ontem.

Na lata: o Dudu precisa evoluir e encontrar seu lugar em campo, caso contrário temos várias outras opções para sua vaga. Ele precisaria ter a ousadia e ofensividade que o Kelvin mostrou ao entrar. Aí é só passar a bola (o que o Kelvin não fez) e ver o gol acontecer.

Outra falha: Leandro Pereira foi incensado após seus gols, a gente precisa ter consciência que o gol não é só de quem o faz, mas é construído de onde a bola vem. Ou seja, não é só pelos gols que se avalia um centroavante, mas pelo que ele faz quando a bola não lhe chega redonda, como ontem. E nesse caso o Leandro fez muito pouco.


A saída do Gabriel da volância logo no começo do jogo comprometeu bastante. O Andrei definitivamente não tem a mesma velocidade e os buracos aumentaram. No lugar de um primeiro volante pegador, outro com a mesma característica! Não aconteceu e o Arouca acabou com cãimbras de tanto correr pelos 2 volantes.

Resumo da Ópera: hora de mudar! Lucas Barrios pode assumir o meio campo ao lado do Rafael e Cristaldo ou Alecssandro o ataque. Há várias outras opções com Kelvin, Mouche então é hora de testá-las!
Lamentamos a perda de 3 pontos, mas isso tem que servir de momento de virada, pra que o elenco entenda que a determinação do treinador é pra ser seguida a risca, não estamos aqui pra ser “apenas” uma vitrine dos jogadores, mas um time definido à base da eficiência. AO TRABALHO PALMEIRAS!!!!

Obs.: mais um SHOW da torcida, que compareceu e torceu no 90 min. E APLAUDIU AO FINAL, lógico que não a derrota, mas o esforço de um time que mesmo que sem a vitória, mostrou uma disposição que deve render frutos nas próximas rodadas, Assim veremos!

10 comentários:

  1. Bom dia Roberto!

    Beleza? Então... não vou falar do jogo pois só vi os melhores momentos rsrs... Queria te perguntar uma coisa. Vi hoje no site da globlurgh, que o Valdívia fez alguns comentários sobre sua saída e que já temos um histórico de situações parecidas com outros jogadores. Você acha que no Palmeiras é utilizada a estratégia de contra informação, de maneira a desacreditar o jogador e consequentemente denegrir sua imagem perante a torcida e se "eximir" de qualquer responsabilidade?
    Se isto acontece de fato, acho que está na hora da torcida botar a boca no trombone. Uma hora ou outra esse tipo de atitude irresponsável pode se voltar contra o próprio Palmeiras e não quero ver meu time taxado de desleal ou qualquer coisa do tipo.
    Assim como quero que o Brasil seja melhor, mais ético e menos corrupto, faço esse mesmo tipo de exigência ao clube que torço, espero que meu clube seja um microexemplo para um Brasil melhor.

    Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fala fratello... não, absolutamente nenhuma "estratégia" que desacredite jogador algum, pelo contrário. O problema é que o Valdívia é PODRE (palavra do Osório Furlan) e queria salário de Pelé. Só isso.

      A verdade Cláudio, é que vivemos cercados de informações que endeusam os jogadores e demonizam os clubes e dirigentes. Longe que defender este ou aquele, o fato é que os jogadores enfiam a faca e torcem dentro do clube. E ainda pagam pra ter sua imagem boa na fita. Cara, vivemos uma realidade totalmente maquiada. Cuidado com os julgamentos amigo, pq via de regra são distorcidos pelo que alguém (ou as vezes nós mesmos!) quer que seja visto ou omitido... abs.

      Excluir
    2. Obrigadão Roberto, sei que você tem informações privilegiadas e optei por perguntar pra você pra garantir a informação.

      Desde a época que você estava na globlurgh eu já lia o que você escreve e não tenho motivos para desconfiar do que você fala, aliás, nunca se omitiu a dar a informação certa ou sua opinião sincera, independentemente da onde estava na época. Acredito que esse seja o motivo por você não estar mais lá e isso só fez aumentar meu respeito por você.

      Desejo-lhe muito sucesso e prosperidade!

      Excluir
    3. Valeu Cláudio, à todos nós!

      Excluir
  2. Fala Galluzzi, uma pena esta contusão do Gabriel, vai fazer muita falta! Não vejo o Girotto e o Amaral em condições de substituir à altura.... Quanto ao Valdisney, já vai tarde!!! Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ricardo, acho que o Arouca pode ser deslocado à função de primeiro volante de contenção, dividindo a função com o Amaral. Pelo menos temos alguma opção... valeu!

      Excluir
  3. Aquele ditado "de um limão se faz uma limonada", o momento =e agora. Não tem ninguém com as mesmas características do Gabriel. Mas o Arouca pode fazer de forma menos ruim. Talvez a saída é mudar o esquema, formando o meio com Arouca, C.Xavier e Robinho, (as vezes o Zé Roberto), e o ataque com Dudu, R.Marques e (Leandro ou Barrios ou Cristaldo ou Alecsandro), tanto faz. Vamos de 4-3-3, é só o Marcelão dar uma azeitada e pronto.
    Galluzzi, acompanha o raciocínio. Se a prefeitura, bombeiros, CREA, OAB, Conselho de Medicina, Nasa, FBI, PT etc. dão o aval para construir um estádio, arena ou seja la o que for com capacidade para 43 mil pessoas. "por que "cazzo" que só pode vender 38 mil?"
    PS: Sei que voce tambem não sabe. É que meu amigo Joaquim lá do outro lado, ligou me perguntando e eu não sei o que dizer. "Caraio"

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. PG, acho que essa capacidade leva em conta a ocupação total dos camarotes. Mas isso é de menos fratello. O PAU TÁ QUEBRANDO mesmo pra cima de quem assinou a porra do contrato que agora estão vendo ter várias lacunas lesivas ao Palmeiras, deixando a construtora isenta de uma pá de situações às quais o Palmeiras terá que desembolsar E MUITO pra resolver. A bruxa da vez é o Belluzzo.E vâmo que vâmo... abs.

      Excluir
  4. Grande Roberto, confesso que estava agoniado por não ter atualizações no seu blog por uns dias. É difícil demais encontrar textos imparciais sobre o Palmeiras. Ou é a mídia tradicional ou muitos sites com um "Q" político em seus textos. Lamentei muito quando você saiu do GE porque achava seus textos muito bons desde aquela época. Mas na boa, aqui a casa é sua e está ainda melhor, por isso, parabéns! Sobre nosso Palmeiras, só comento que cada vez fico mais desiludido com o futebol brasileiro. Coincidência grande Flamengo e Fluminense pegarem essas babinhas, não? Ainda mais com a modelo devolvendo a bolinha. Se bem que, ver FluminenC x Paysandu me faz saciar um pouquinho do desejo de ver o cube mais favorecido das últimas décadas pagar a série C que estão devendo. Quanto a nós, julgando pelo momento, não temos do que reclamar do adversário. Abs!

    ResponderExcluir
  5. Grande Santiago, sinta-se em casa. Conversando com um palmeirense lá no Allianz no domingo, citamos essa diferença de valores internos que a família cultiva, que destoa justamente desse desmando, dessa injustiça e porque não dizer putaria geral que se tornou a mentalidade tupiniquim, pautada por privilégios aos amigos do rei e afagos aos "oprimidos", como a Grobo faz tão bem. A família palmeirense fica no meio, trabalhando e pagando a conta dessa festa maquiavélica. Por isso se junta e se identifica. Se o clube focar melhor nesse conceito, não precisará mais de organizadas, pois terá uma verdadeira legião. Abs!

    ResponderExcluir