sexta-feira, 14 de agosto de 2015

Administrando interesses. Convergindo objetivos

“Nem tô jogando”... frase do Zé Roberto ao ser interpelado pela repórter, que já foi seco em cima dele de proprósito.

É lógico que todo jogador que atuar. Mas enquanto não inventarem futebol com 22 de cada lado, alguns terão que se conscientizar que essa rotação é normal. Ou vá jogar no Capivari, onde serás titular absoluto.

É por isso que digo: enquanto treinadores (que realmente precisam de reciclagem) e dirigentes são demonizados, os jogadores são lambidos. Nada contra os honrosos defensores de nosso manto, mas contra uma mentalidade que permeia ou infesta (melhor assim) a boleirada: o individualismo.

E não adianta. Isso é inflado diariamente por empresários com incessantes doses de autoconfiança e autopromoção. Confrontado com isso, não há como manter o desempenho. Preguiçoso por sua natureza macunaímica, o brasileiro só precisa de um motivo, ainda que exista só em sua cabeça, pra pendurar o desempenho de lado e exercer a função típica do arrasto e foda-se o resto. A vida, como ela é. Valeu Nelson.

A vergonha Silva
Não sou de sair do futebol, mas como envolve um patrocinado curintcha com a cara curintcha, não podemos deixar de mencionar: uma VERGONHA a participação no tribunal americano do seilá o que Silva, aquele lutador de MMA que – como a imensa maioria dos profissionais que chegam nesse nível – tomou testosterona pra aumentar a força.

Aí foi pego, caiu a casa geral. Achou que estava no Brasil e inventou uma histórinha ridícula no tribunal. SQN. Tribunal AMERICANO filhão. Onde há JUSTIÇA. Aí seu CURINTCHA não ajuda não, irmão. E se fudeu bonitão, mais um NOCAUTE, dessa vez nocatute moral.

Tenha vergonha Brasil. Tenha vergonha de trapacear. Tenha vergonha de querer fazer isso e ainda manter a cara-de-pau e nariz empinado. Do eterno oprimido que tem o direito de ser filhadaputa como resposta. E quem sabe assim, valorizando o mérito e trabalho a gente saia do terceiro-imundismo onde vivemos atolados. Obrigado Anderson “Curintcha” Spider. Por mais essa VERGONHA. Só um detalhe: deveria ter ido com a camisa do time no Tribunal.

2 comentários:

  1. Galluzzi,nem vou comentar este post seu porque estaria repetindo este post seu, talvez não exatamente como escreveu por não ter este dom tão bom quanto ao seu, mas a ideia é igual. A vergonha Silva está sendo minimizado pela "mídia" deles.
    Quanto ao Palmeiras, a chance de tudo que é dito e não dito é domingo contra o outro queridinho protegido magnânimo. Agora é o momento de sabermos o qual a nossa realidade.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. PG, já tá parecendo o começo do século passado, quando Palmeiras goleava e o no jornal só falava da derrota do adversário. O UOL então se pudesse nem publicava nada, tamanha birra que tem com o Paulo Nobre por ter "ousado" bater de frente com eles e criticar publicamente a cobertura sensacionalista que é feita. É por essas e otras que o senso crítico nacional já foi pro saco desde a década de 80, quando viramos uma pasta acéfala consumidora de Gugu e Chaves. Brasil-il-il!!!!

      Excluir