quarta-feira, 26 de agosto de 2015

Muito além dos 100 anos

Fratellada, hoje o Palmeiras completa 101 anos, encerrando o ciclo de seu primeiro e grandioso centenário. Louvados sejam seus fundadores. Os de alma pura e coração inflamado que iniciaram a épica história.

Antes de qualquer coisa, é importante lembrar que os clubes chegam a essa idade pelo que representam à gerações e gerações de torcedores. Por mais que isso fique subjacente à paixão que os massifica, é nas diferenças que reside a força de uma torcida.

Ao invés da ridícula pregação midiática do “somos todos iguais” (excelente à propaganda), deveríamos sim é ressaltar o respeito às diferenças. Cada torcida tem sua semelhança, suas “idiossincrasias”, como dizem nos cursos de antropologia. E é dando voz à elas que a camisa do clube veste seu torcedor.

PALMEIRENSES, SOMOS O QUE SOMOS. Apaixonados, viscerais, uma torcida familiar, de todas as classes, lutadores, trabalhadores, que correm pelo certo, que fazem seu caminho, que valorizam a educação, arte e cultura, com personalidade forte, estilo próprio, que falam alto, gesticulam e cornetam. E abraçam e beijam e fazem festa! Que é sim, mais um torcedor como tantos outros. Mas que talvez seja, dentre todos, o mais humano.

É por isso que celebramos um centenário. E que tantos outros venham!!! Pois esse espírito é eterno. VIVA PALMEIRAS SEMPRE!

Nenhum comentário:

Postar um comentário