sexta-feira, 28 de agosto de 2015

WTorres, por favor: saia do Allianz Parque.

Todo mundo sabe que a construtora do Torres está devendo até as calças pra fornecedor e o escambau. A própria Allianz diz que a contrtutora não entrega o que promete, fazendo coro ao que o Palmeiras (e nós) fala há muito tempo.

O sonho do Palmeirense agora é que a construtora tenha um bom discernimento e aceite uma eventual proposta que venha a lhe ser feita, de forma que possa se reestruturar e continuar atuando em seu mercado imobiliário tranquilamente, saindo da área de estádio de futebol no qual, segundo seu próprio dono, nunca antes haviam pisado. E na boa, nem voltem...

O estádio está lindo e tudo mais. Só que o custo operacional é ridículo de alto, milhões e milhões em acabamento não foram feitos, o projeto foi entregue DIFERENTE do que nos foi vendido e proposto, (é só pegar a maquete que era vendida a todos e comparar), isso sem contar na postura estupidamente confrontativa que resolveram abraçar explorando cada mínima brecha contratual pra se dizerem donos de todas as cadeiras e ainda mais agora com uma representação contra a própria forma de comercilaização do Avanti!

Ou seja, aos poucos o palmeirense percebe que DORME COM O INIMIGO, que lhe proporciona um atraente desejado e depois enfia e torce a faca dentro por isso. Wtorres, pelamor... SAIA DO PALMEIRAS. SAIA DO ALLIANZ. O sonho de qualquer palmeirense é que o vovô Crefisa + a Nobreza se unam e banquem a dívida do Waltinho, pra que ele SEJA FELIZ NOUTRAS BANDAS.

Os shows continuariam da mesma forma, isso não tem problema algum. Mas a gente iria garantir o gramado e um baita símbolo do Palmeiras em cada coluna do estádio, daqueles iluminados! E, é lógico, o torcedor se sentindo ainda mais em casa e comparecendo ainda mais. Só de quebra...

6 comentários:

  1. Galluzzi, tudo certo? Pelo jeito a WTorre tá mesmo ruim das pernas, vi uma matéria no blog do Cosme Rimoli, (http://esportes.r7.com/blogs/cosme-rimoli/a-operacao-lava-jato-prejudica-a-wtorre-dividas-podem-fazer-com-que-venda-a-nova-arena-palmeirense-aeg-o-bilionario-paulo-nobre-e-o-proprio-clube-podem-comprar-o-estadio-28082015/), onde ele fala da possibilidade da AEG comprar o estadio ou mesmo o Paulo Nobre junto a Crefisa fazerem uma oferta, o que você acha dessa possibilidade e será que se a AEG fizer o negócio com a WTorre a clausula de retorno ao clube seria mantida?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Denílson, em termos contratuais não sei. Mas de um forma ou outra cessão de espaço pra shows deve continuar pela renda envolvida. Eu só queria ver esses fdp que fizeram o estádio diferente do que prometeram fora da nossa casa. Valeu.

      Excluir
  2. Galluzzi, Não sou expert no assunto, mas olhando de longe friamente, acho que é uma boa o Palmeiras não se meter em divida para comprar a "Arena "Palmeiras"". Vai comprar o que já é seu? Agora é o momento do Palmeiras cobrar o contrato, apertar sobre a manutenção, gramado, acabamentos inacabados, pagamentos de fornecedores mostrando que isso pode prejudicar o Palmeiras, o que pode obrigar uma revisão no contrato.
    Se tiver outro que queira assumir, tudo bem, problema dele com a WTorre, mas o novo contrato terá que ser redigido sob a batuta do Palmeiras. Esse é o caminho, e não entrar numa divida monstruosa pelo o que já é nosso. E se a construtora não assumir seus deveres, o Palmeiras assume sem dar um puto de centavo. Pois ela não está cumprindo o contrato. Simples assim. Agora é hora de apertar os caras, se eles estão fracos, vamos coloca-los contra as cordas e nocauteá-los.
    Acho sinceramente que essa noticia sobre a WTorre, Arena e Palmeiras, não poderia ser melhor para o Palmeiras. Se o PN estiver bem assessorado e souber fazer direito, poderemos ter em pouquíssimos meses o que iria acontecer daqui a 30 anos sem enfiar a mão no bolso.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. PG infelizmente, no Brasil nada é tão simples assim. Eles estão SIM seguindo o contrato, isso é que fode. Não tem essa de revisão. Estamos na arbitragem por conta disso... o fato é que fizeram o contrato de forma a lhes deixar várias brechas quanto o que e ao que não fazer. Então toda essa diferença no projeto, falta de acabamento, tá tudo lá, bem respaldado em contrato.

      Concordo contigo sobre o Palmeiras não assumir nenhuma "dívida monstruosa", mas não me parece ser a questão, haja vista que o Paulo Nobre tem trabalhado incessantemente na questão de reequilíbrio financeiro e não lançaria uma proposta que fosse comprometer o Palmeiras nos anos seguintes. Por isso, mesmo vendo como um lance vultoso, acahria muito legal se acontecesse. Valeu!

      Excluir
    2. Acho que seria mais ponderado uma aliança entre AEG, Crefisa e Palmeiras, de qualquer forma se o Palmeiras entrar ele tem que ter mais voz ativa na gestão do estadio e diminuir o tempo de concessão, mas se a AEG comprasse, acredito que não seria ruim, visto que eles operam dezenas de estádios pelo mundo, não seria nenhuma novidade, eles tem capacidade pra isso. Inclusive para alguns assuntos tem mais capacidade que o próprio Palmeiras, é só ver o exemplo dos naming rights, a gestão da AEG consegui um nome anos antes da inauguração, os itaquera querendo cuidar do que ""é deles"" estão até hoje batendo cabeça e cada dia mais distante de um resultado e acumulando dividas estratosféricas. O Palmeiras ainda não tem um time adequado, acho que tem que investir mais no time e como o colega disse, não gastar dinheiro no que já é do Palmeiras.

      Excluir
  3. É Dion, mas não se esqueça que contratamos 25 jogadores só nesta temporada! Veja, time de futebol é que nem receita culinária. Vc escolhe os ingredientes (jogadores, comissão) e vai acrescentando. Mas tem uma hora que vc para e deixa o TEMPO agir, pra fazer todos os ingredientes casarem. Se nesse meio tempo vc ficar experimentando vai sempre achar ruim e continuar acrescentando ingredientes, o que só vai desandar a receita. O Palmeiras investiu pacas, agora só precisa de tempo pra entrosar o elenco. Quanto a administração do estádio via 2 ou 3 mãos, acho perfeito é por aí mesmo. Só tira o cú de burro daquele Torres de lá. Impossível fazermos um contrato PIOR do que o que aprovamos com o infeliz. Abs!

    ResponderExcluir