quinta-feira, 3 de setembro de 2015

6 horas assistindo os próprios erros

A gente reclama dos gols perdidos (acorda Barrios), a gente reclama do juiz, do adversário do campo o escambau. Mas a verdade é que só depende de nós.

Perdemos gols sim, mas isso acontece em toda partida. O juiz nunca apita direito mesmo, contar com uma arbitragem perfeita é morrer na ilusão. E e o advesrário jogou na retranca e no erro nosso, mérito deles.

O Palmeiras precisa de volume de ataque. Ir e voltar. Se subir muito parece que não volta a tempo, então toda movimentação fica comprometida por grandes “buracos” tampados a base do chutão. (acorda Robinho!)

Não aguento mais chutão! Chutão é pra quem não sabe o que fazer com a bola! Sai gol assim? Sai, é verdade. Mas é raro e torna-se um vício de quem não consegue ter meio-campo.

A verdade é que ainda não suprimos a ausência do 10. Prova disso é que as melhores assistências tem partido do 7, o Dudu.

Vai pesar pro lado do Barrios. Perdemos pontos diretos por sua má pontaria. Mas não adianta culpar um só. Ele só vai melhorar com a sequência e muita orientação do Marcelo.

Mas na minha opinião ele está na posição errada. O Barrios está jogando muito avançado. Ele deve jogar ao lado do Dudu no meio-campo, pra dar mais consistência a esse setor!

Falo e repito: deixa o Marques junto com o Gabriel no ataque, Barrios e Dudu no meio. É só inverter as posições do Rafael Marques e do Barrios! Marques é finalizador, definidor. Barrios é mais de posicionamento e visão. Arrumando isso, a gente melhora.

Na defesa não adianta: nossa força lateral simplesmente evaporou. Fizeram mandinga pro Egídio (LE), que chegou aqui com ótimas atuações e agora despencou.

O João Pedro (LD) também, despontou como promessa ano passado mas precisa de um chá de confiança. E de cobertura do volante, senão abraço.

Se sou o técnico faço isso: a cada derrota, pego o elenco dia seguinte e deixo 6 horas assistindo aos seus próprios erros. Com muita repetição e câmera lenta. A tortura é tão grande que não é possível que ousem repetir.

4 comentários:

  1. Esse é o campeonato mais roubado da história dos pontos corridos. Dá logo a taça pros galinhas e economiza tempo e dinheiro de todo mundo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mas esse já está dado, isso é bola cantada. A pegada é se classificar pra Libertadores, onde a influência da Vênus Platinada "Povão é minha Salvação" é bem menor... abs.

      Excluir
  2. Galluzzi, eu deixaria eles 6 horas trancados assistindo lances de como acertar passes, como cabecear, como chutar, como armar jogadas, como compactar, como dar coberturas, como se posicionar. Se deixar esses bagres assistindo o que erraram eles irão repetir tudo outra vez nos próximos jogos.
    Eu não vou mais me iludir com vaga para Libertas. Esses time pelas oscilações acima da média, pelos vacilos em jogos onde tem que somar pontos, merece ficar entre o 6º e 12º lugar, mais que isso é sorte.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. PG, tem que assistir aos PRÓPRIOS erros. Apontados, ressaltados, enfatizados. O que falta aqui é disciplina tática, brasileiro é muito indolente, largado, relaxado. Isso é ótimo quando vc está na praia, fora disso... Quanto a vaga no fim de ano... até sei mas não deixo de acreditar. Não tem essa de "esse time"... é o Palmeiras, seja lá quem estiver jogando. (In)felizmente não é só de merecimento que se conquista as coisas por aqui... valeu, abs!!!

      Excluir