quinta-feira, 26 de novembro de 2015

Copa é detalhe

Olha fratellada, só por Deus mesmo viu... assistir ao Palmeiras que abdica do ataque da forma como fez ontem é algo que corrói a alma até do mais empedernido palmeirense.

MARCELO OLIVEIRA. A hora é sua. Sei que o objetivo era o empate e quase conseguimos. Mas também quase conseguimos levar 3! E mal chegamos perto de fazer 1 mísero golzinho! Do juíz nem falo nada porque ja sabíamos que seria mais um em campo contra.

O último lance da partida - quando já com 10 em campo após a expulsão infantil do Lucas quase tomamos o segundo gol – foi daqueles de olhar pro céu e dizer: “Obrigado pela força!”. É nisso que temos que nos apegar, até pela falta de algo mais consistente.

Fratellada, quem tem pra quem rezar , o faça. Estamos precisando de ajuda externa pra vencer a batalha. Serve promessa, simpatia, mandinga, Exército Jedi, Cavaleiros do Zodíaco, Alienígenas do Passado, tâmo aceitando tudo!!! Mas peloamordeDeus... alguém faz o Barrios atacar. Alguém faça esse time jogar!

12 comentários:

  1. Aquele gol que o Nilson deixou de fazer me deu a certeza de que seremos campeões... Só não entendo como os jogadores não conseguem ter a mesma atuação em casa e fora, ta certo que na maioria das vezes devido a alguns fatores como torcida adversaria, e o time jogar com mais cautela faça com que o rendimento seja um pouco abaixo da expectativa, mas a disparidade deste atual elenco do Palmeiras jogando em seus domínios e em domínios adversários é enorme.
    Dia 02/12/15 estaremos extasiados com mais um título Alviverde, guardem bem essas palavras!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Por isso é fundamental manter um torneio em pontos corridos e outro no mata-mata. A Copa é singular! Abs.

      Excluir
  2. "Haja coração amigos!", nunca uma frase do Galvão Bueno faria tanto sentido. Aquele gol perdido do Nilson e as demais oportunidades que o Santos desperdiçou me deu esperanças. Seria uma missão impossível não tomar gol na Vila Belmiro, porém na semana que vem será outra história. Nosso time não está jogando o fino da bola (É fato!), porém a raça do time e as 40 mil pessoas no nosso PALESTRA farão a diferença. AVANTI PALESTRA!

    ResponderExcluir
  3. Uma coisa interessante é que está acontecendo inverso da final do paulista. Santos podia ganhar o título no primeiro jogo assim como foi com o Verdão, mas a perda do pênalti e daquele gol no final evitaram. Que o inverso do segundo jogo se repita semana que vem! Avanti!

    ResponderExcluir
  4. Já estou preocupado se escalarem o João Pedro no lugar do Lucas.

    ResponderExcluir
  5. É complicado, porque justamente não vimos reação, é um time omisso, que sequer consegue segurar a bola. Esperança nasceu com a gente e jamais acabará, mas estou totalmente incrédulo. E pra não esquecer de mencionar, só pra variar nossa zaga falhou umas meia duzia de vezes. Por sorte nossa e azar deles só uma entrou.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa sorte se chama Fernando Prass... mas ninguém é infalível. Abs.

      Excluir
  6. Futebol não é justiça, o santos jogou melhor, mas o detalhe foi o pênalti não marcado e a consequente expulsão.

    ResponderExcluir
  7. Desculpe, mas o Santos pressiona muito na vila e o intuito era travar o jogo e conseguimos isso na maior pare do jogo. Tanto que só tivemos 44% de bola rolando. A tatica estava certa e no momento do gol deles o Palmeiras estava prendendo a bola bem e o Santos não chegava mais. A derrota é doída, mas vamos reverter aqui, tenho fé e a força da camisa falará mais alto. VAMOS acreditar!!! Guardem as críticas para depois do dia 2.
    Abraços e Avanti Palestra

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso que é Palmeirense... assim que se fala Loreto!!!! Vai no jogo? Se for a gente se tromba lá!!! Abs!

      Excluir
  8. A estratégia funcionou e a decisão vai ser no nosso estádio, isso é o que importa. Na Vila o Santos era muito favorito e agora, apesar da derrota, as chances se igualaram.
    Espero que o Marcelo de Oliveira prepare o time para não cair na armadilha do Ricardo Oliveira, ele vai se jogar e fazer o tradicional teatro a cada jogada, como foi no lance com o Jackson, o malandro vai tentar mandar um dos nossos para o chuveiro mais cedo. O apoio da imprensa ele já tem, só espero que o juizão não se engane com o bom moço.

    ResponderExcluir