quarta-feira, 4 de novembro de 2015

Dane-se mas... ele está certo. A vaidade é (e sempre foi) nosso calcanhar de Aquiles.

Eu quero mais é que o Love se exploda, mas antes que isso aconteça algo chama a atenção.

Por mais que detestemos, ele foi preciso e pontual em sua afirmação e se o palmeirense tiver mais cabeça do que raiva nessa hora, saberá extrair a melhor lição.

A VAIDADE é sim nossa maior pedra no sapato. Não digo “hoje”, pois com uma baita comissão técnica uma diretoria atuante esse problema foi relativamente equacionado nessa temporada.

Mas sendo profundamente sincero fratellada. Nos 43 anos que vivi, já CANSEI de ver o Palmeiras penando por conta da vaidade. De cima a baixo, de dentro pra fora e vice-versa.

O orgulho é algo muito próximo à vaidade. E, orgulhoso de sua história, de suas conquistas e seus valores, o palmeirense vive a um passo desse terrível sentimento que só faz bem ao indivíduo e destrói grupos.

O que já era suspeito ficou claro. Sim foi a vaidade (ciúmes do salário de 400 pilas/mês) que nos tirou o Brasileiro de 2009. Quem quiser continuar achando que foi a ausência do Cleiton Xavier ou Maurício Ramos fique à vontade... eu vi ao vivo a“operação padrão” em campo e não me esqueço não.

Vaidade. Fratellada... Vaidade. Esse talvez seja a pior mazela, a pior doença, a pior característica que nossa coletividade carrega. Honra e orgulho são importantes. A vaidade é o mau uso que se faz deles.

Seja diferente. Mas não se julgue superior por conta disso. Nunca. Guarde pra si, ajude a evoluir e evoluirás ainda mais. Ponto. Já cansei de ver diretores do Palmeiras que comem frango e arrotam peru. Isso passa ao elenco. Isso apodrece o grupo.

PALMEIRAS. Você nasceu da alma pura e humilde de jovens trabalhadores que se uniram pra fazer bem aquilo que mais gostam. Toda e cada vez que deixares a VAIDADE (e suas irmã arrogância) se infiltrar em seus corredores, estará invariavelmente fadado à DERROTA. Jamais esqueça essas palavras.

Por mais que deteste dizer isso, o infeliz está certo. A vaidade sempre foi e ainda é nosso calcanhar de Aquiles. E dela, o futebol é antagônico.

2 comentários:

  1. Será que o Mattos está querendo o Diego Souza ?! Espero que seja só o empresário jogando notícia na imprensa pra fazer marketing.
    E a imprensa hein ? queimando o Marcelo Oliveira legal, todo programa que eu assisto os caras descem a lenha, meu medo é que a torcida comece a pedir a cabeça do técnico e ai começamos do zero em 2016.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nãoa cho que o Mattos seria míope a esse ponto Julio. Quanto a imprensa, faz o que sempre fizera. E depois descem a lenha nos clubes que mandam embora os treinadores... nojento. Abs.

      Excluir