sexta-feira, 13 de novembro de 2015

VIOLÊNCIA? NÃO PELA NOSSA CAMISA!!!

Fratellada, sei que é chato, mas devo abrir aqui um pequeno espaço pra reflexão acerca do terrível notíciário abordando o homicídio de um “torcedor santista”, que teria sido cometido por um “palmeirense”.

Antes de mais nada é preciso considerar que tudo deve ser apurado antes de qualquer avaliação, mesmo porque é muito fácil alguém vestir uma camisa de time pra desviar outra motivação.

Coloco tudo entre aspas por um motivo: seja lá quem fez a monstruosidade, fez por si ou por alguma rixa particular mas NUNCA EM NOME DO PALMEIRAS. Quem fez o que fez não o fez por “ser palmeirense” e sim por algo pessoal, seja lá por onde anda essa motivação absurda.

Apuração e punição pontual. De um lado. Mais atenção na educação do torcedor de outro. Os clubes deveriam encampar uma TREMENDA CAMPANHA, engajando jogadores e torcedores pra deixar explícito o conceito NÃO PELA NOSSA CAMISA!!!!

Vai fazer merda? NÃO EM NOME DO MEU TIME!!!! Fez em nome pessoal ou de qualquer grupo e responda por isso. MAS NÃO DO MEU TIME! Podemos não conseguir impedir a violência entre cada cidadão, mas podemos impedir que ela seja perpetrada “em nome” de um clube. E assim desestimulá-la!

Então que fique claro: quem LUTA não precisa brigar. Se brigar NÃO É PELA MINHA CAMISA. Esforço conjunto entre a mídia, os clubes e os torcedores. CAMPANHA CONTRA VIOLÊNCIA JÁ!!! VIOLÊNCIA? NÃO PELA MINHA CAMISA!!!! Fez merda filhão? Fez como cidadão e não como torcedor. E pague por isso.

Iluminados sejam aqueles e a família daqueles que pereceram de forma tão estúpida e desnecessária. E que os que aqui estão, lutem pra que isso termine.

2 comentários:

  1. Galluzzi, concordo com você que já está na hora das torcidas tomarem para si a responsabilidade de fazerem pra valer campanha contra a violência e com isto também forçar a imprensa a não categorizar o agressor como pertencente a uma torcida somente porque veste a cor ou a camisa de uma agremiação, imputar a massa gigante de torcedores a fama de violentos e bandidos, seja o time que for, o que tem que ser averiguado o mais rápido possível é quem fez e puni-lo de forma exemplar, e que no próximo jogo ambas as torcidas do Santos e do Palmeiras saíssem em defesa da paz, de preferencia com os presidentes das organizadas abraçando a ideia.

    Abraço,

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tbm acho Denilson, e a participação tem que ser geral, pra que se mude a cultura num todo. Valeu, abs!

      Excluir