sexta-feira, 5 de fevereiro de 2016

Paulista, Paulistão ou Paulistinha? O regional mais difícil do mundo.

Vamos supor que você seja um canal de TV que compra os direitos do campeonato regional. Irá chamá-lo de “Paulistão”. Por outro lado, suponha-se como um jornalista que quer descreditar a competição. Vira “Paulistinha”.

Alheios a essa babaquice sócio-política, sabemos do seguinte: o Campeonato Paulista é o regional mais forte do país. Muito provavelmente, do mundo! Times de um interior de alta renda per capta se preparam bem, não raro chegando à competição em melhores condições físicas do que os “grandes”.

Assim sendo, um empate em início de campeonato não é nada grande coisa. A imprensa já quer colar uma zebra e fazer novela no caso do Leandro Almeida. Esclarecer é pinto, o que vale é vender, transformando tudo num imenso “reality-show” onde se vê de tudo, menos o que é real.

Esse empate contra o São Bento deve servir  pra observarmos – friamente – os pontos em que devemos melhorar. A defesa faz parte disso, lógico. Ficar 3 ou 4 jogos sem levar gols nos deu a ilusão de uma qualidade que ainda não há.

Só que não adianta ficar malhando o Leandro Almeida, queimando-o em praça pública num verdadeiro “show de horror”. Melhor foi ver o Prass puxando o jogador pro vestiário tirando-o da entrevista em campo. Ou o Victor Hugo, que ressaltou o apoio do grupo. É assim que se forma um time.


Novelas a parte, temos que ver o lado cheio do copo. A rapidez e inteligência na movimentação do ataque mostra bom potencial. As laterais, principalmente via Lucas, participam mais da transição. Cobertura é outro capítulo.

A estreia do Jean não foi lá grande coisa, o Thiago Santos ficou até sobrecarregado na marcação, mas é só uma estréia. Já o Robinho por outro lado parece ter acordado um pouco em relação a última partida.

Somando o lucro, noves fora, o negócio é não ficar “novelando” - transformando pequenos e habituais desafios – em problemas capitais, seja a atuação de um zagueiro, um gol contra ou um empate em casa.

Só pra finalizar, no lance que a imprensa crava gol mal anulado do São Bento, havia um jogador em claro impedimento participando da jogada! Se o impedimento se configurar apenas ao jogador que “tocar na bola” o time pode posicionar um atacante em impedimento só pra puxar, atrapalhar ou confundir a defesa adversária, participando assim efetivamente da jogada.

Mas isso é só um reflexo da prática pra lá de comum por aqui – de interpretar as leis ou regras de acordo com sua conveniência. Isso é Brasil... mas somos Palmeiras!

23 comentários:

  1. Grande Galuzzi!!!

    Tô contigo e não abro. O Leandro Almeida não é o melhor zagueiro do mundo e já sabíamos disso, mas discordei da atitude da torcida alviverde que ao invés de tentar apoia-lo e levar a ele mais confiança, pisou na cabeça do cara, deixando ele ainda mais desnorteado. Torcida tem que jogar junto com o time, oras! Gostei do jogo, deu pra ver que o time tá bem mais rápido e os momentos de apagão estão menores.

    Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Grande Claudjones! É verdade... se tem algo que me deixa fulo é ver nossa torcida se comportando como uma qualquer. Uma cultura diferenciada deve agir de forma diferenciada e não cair no imediatismo comum a imensa maioria das outras torcidas. Infelizmente o mundo é mais difícil do que parece pra quem apenas assiste... abs!

      Excluir
  2. Se fosse só ontem, mas vem desde o meio de 2015 esse horrível futebol. Não peço vitótias esmagadoras e coisa e tal, SÓ UM MÍNIMO DE FUTEBOL.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Caro Rinaldo... seguindo seu raciocínio, fomos campeões da Copa do Brasil sem um mínimo de futebol, é isso? Me desculpe fratello, mas incorres em 2 erros: subestimar o adversário (esses times do interior de SP vem com muita disposição, fazendo o "jogo da vida") e criticismo em excesso, pois começamos a temporada agora, com muitas novidades. Ao contrário do que parece o futebol NÃO DEVE SER uma novela, onde esperamos "emoção a cada capítulo". Entende? Grazie... abs!

      Excluir
  3. Ótima analise, já nem leio mais o site da globo, parabéns pelo trabalho Galuzzi!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ahhhh... agora eu vou pra galeeeera...!!! Grazie ragazza! A bela torcida. Sinta-se a vontade e bom carnavalis!

      Excluir
    2. o melhor palmeirense blogueiro de todos os tempos kkkk, jamais havera outro deste nivel.

      Excluir
    3. Meeeenos Batista, beeeem menos.... rs. Abs.

      Excluir
    4. Sem maldade Robertão, quando você deixou a globo te procurei depois de algum tempo mas pelo que entendi, você ficou sem "casa". De tempos em tempos voltei a te procurar até finalmente te encontrar aqui. Tô com a Vanessa, faz tempo que nem leio o blog da globlurgh.

      Excluir
    5. Claudjones, bom teres comentado, assim posso explicar. Quando saí da Globo (por não fazer o que queriam que eu fizesse), estava cansado da "obrigação" da escrita, afinal haviam sido 4 anos initerruptos. Parei um pouco, mas sabendo que a volta seria inevitável. Quando retomei, sabia que teria que ser num espaço próprio pra que eu pudesse ter liberdade TOTAL pra escrever o que quisesse, sem ninguém acima. E assim foi. Não me preocupo com números de audiência, mesmo pq não ganho 1 centavo com isso. Mas me preocupo em INTERAGIR como todos (da nossa família) que encontrem esse apaixonado espaço. Esteja em casa, e não deixe de espalhar: só a mídia palestrina tira o público das garras da impren$inha.... rsss.. abração fratello, valeu.

      Excluir
  4. É Galluzzi...As vezes acesso sites por ai só para ver esse pessoal criticando tudo, com manchetes sensacionalistas e que só alimentam o cérebro de muitos com asneiras, é como você mesmo disse, nossa torcida é diferenciada e tem que se portar como tal, para não darmos margem a estes que se parecem com urubus à espreita. Nosso time deve ser empurrado e aplaudido para darmos confiança para os que representam nosso manto.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Num é verdade Caio? Vc assiste a essas mesas redondas e fica com a impressão que são feitas pro sujeito em casa não pensar, não ter senso crítico, passando só a reproduzir o que ouve. As pessoas não estão preparadas pros efeitos colaterais da hiper exposição à mídia. Abs!

      Excluir
  5. Galluzzi, o que preocupa é que os mesmos erros são repetidos, como bola aérea em nossa área. Falar do L.Almeida é besteira, todos sabemos que é isso mesmo, vai continuar entregando porque é ruim e ponto. Mas se analisarmos friamente o Vitor Hugo tem muita culpa nas bolas aéreas defensivas, se ele em tese é o melhor cabeceador por que não ganha uma? ser bom la frente é louvável, mas tem ser bom la atras também, e o ano passado todo tomamos estes gols com ele. O Egídio vai ser o próximo em cair em desgraça com a torcida pois continua com as mesmas falhas, e se o MO ta corrigindo a saída de bola o Robinho continua rifando a bola. E o MO tem que compactar o time e fazer mais movimentação no ataque. Só de contra ataque não vai mais se criar, ta ficando manjado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Perfeita e irretocável análise PG. Temos que melhorar e muito! Abs.

      Excluir
    2. Porco Grande, eu acho o Vitor Hugo, fraco.

      Excluir

  6. Beleza Galluzzi ? A falha do Leandro Almeida não aconteceria em um jogo maior, com certeza ele quebraria aquela bola, resta saber se ele tem personalidade pra resistir as vaias. Não gostei da atuação do Egídio, como marca mal, e o pior é que ele vai ter que jogar muitos jogos pra poupar o Zé roberto. Barrios joga muito heim ?! Junto com o Dudu, Gabriel e o Robinho, foram vinte minutos animadores. O problema foi o que veio depois desses vinte minutos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tbm acho Daniel... o Egídio TEM que jogar alguma coisa, até pra liberar o Zé Roberto... eu já deixaria o Vitor Luís pronto. Sobre o Barrios é isso aí mesmo. Precisa de fôlego pra não deixar o ritmo cair tanto, como vem acontecendo, ele tem boa visão tática e está afinado com o Dudu, com jogadas de encher os olhos. Abs.

      Excluir
    2. O Vitor Luis nem inscrito no Paulista foi, como temos 3 vagas ainda.... Eu não teria inscrito o Zé Roberto no Paulista para poupar ele só para a Libertadores.

      Excluir
    3. Tbm acho... vacilo não levar o Vitor. A esquerda está capenga. Estão tentando ver se o Egídio rende algo, mas essa espera tem tempo limitado.

      Excluir
  7. Olha galera, sinceramente, Leandro Almeida como jogador pra mim é lixo.
    Eu quero saber, quais méritos, ele teve para ser titular?
    Sou chato, cobro mesmo, acho nosso treinador péssimo.
    Não estou vendo o apocalipse, nada disso, só não gosto de Leandro Almeida, Egídio que é horroroso e do senhor Marcelo Oliveira.
    Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Manu, tbm acho importante ser crítico. Mas temos que pensar friamente e ver até que ponto isso ajuda mesmo. Eu tbm acho que esse Almeida é horroroso, mas se foi contratado, tem que estar a disposição. O mérito que ele teve pra ser titular foi a contusão do Dracena. Quando vc contrata um jogador e ele não corresponde num primeiro momento, a tendência não é fazer o que a torcida gostaria, mas tentar uma nova chance pra que o cara ganhe confiança, padrão e principalmente, não se desvalorize. Nós, da torcida, não avaliamos isso. Mas é feito, até certo ponto.

      Sobre o treinador, não adianta isolar do contexto. O Brasil vive uma CRISE de técnicos porque quando vc cita que precisa haver uma renovação, os Mários Sérgios da vida sobem nas tamancas, o corporativismo fala mais alto. Então, DENTRO DO CONTEXTO temos um técnico (comissão técnica) que TODO time nacional gostaria de ter.

      O Palmeiras é que tem que dar condição e tranquilidade pra MAIS TÉCNICOS conseguirem ser campeões e não terem que enfrentar a realidade atual, onde tão poucos treinadores conseguiram o êxito. Já parou pra se perguntar porque isso acontece? E até quando sofreremos com isso? Valeu Cowboy, abs!

      Excluir
    2. Concordo amigo, análise com embasamento.
      Ricardo Gareca foi boicotado por aquele time horroroso de 2014, torci tanto pra ele dar certo, e enfim quebrar esta cisma de treinador estrangeiro, mas paciência.
      Abraço Palmeirense.

      Excluir
    3. Verdade Manu, eu tbm esperava que o Gareca fosse trazer algum diferencial, mas foi terrível! Mas veja... todos os times brasileiros são campeões com treinadores daqui mesmo... nosso terreno tem que ser mais fértil, nénão? Grazie, abs!

      Excluir