domingo, 14 de fevereiro de 2016

Vai passar...

Palmeirense: NÃO ADIANTA RECLAMAR. Não adianta se enfezar. Isso só fará TUDO PIORAR. Sejamos mais RACIONAIS e menos PASSIONAIS. Tanta paixão nos impede de enxergar o mais óbvio: não é queimando treinador que vamos resolver a situação. Simples assim.

MINHA TERRA TEM PALMEIRAS,
ONDE CANTA O SABIÁ.
AS BATATAS POR AQUI
ASSAM MAIS DEPRESSA QUE AS DE LÁ!

Sério... é sério fratellada... aqui vos fala um apaixonado palmeirense com quase 40 anos de estádio Palestra Itália. O time está sem padrão? SIM! O time está uma bagunça? SIM! Tem outro treinador disponível no mercado pra resolver essa situação a curto prazo? NÃO! Essa é a verdade, temos que ser racionais!!! Dar mais tempo (ainda que não seja eterno) pro time titular ser definido e o padrão de jogo surgir. Jogamos ontem com o time reserva!

Na saída do estádio o Marcelo Oliveira era a bruxa a ser caçada. A impren$inha já caiu matando, jogando lenha na fogueira que ela mesma critica, questionando fortemente a continuidade do treinador. Impressionante como reproduzem as piores demandas do seu público.

Vejam, não estou aqu defendendo treinador. Defendo que o cara consiga trabalhar em paz sem ter sua cabeça a prêmio a cada 6 meses. Somos, reconhecidamente o país com maior rotatividade de treinadores (nas últimas décadas). Isso ajuda em algo? Não, em porra nenhuma! Ou melhor, ajuda sim! A evitar que a responsabilidade pese nos fatores determinantes ao insucesso: TREINADORES ARCAICOS, JOGADORES MIMADOS, EMPRESÁRIOS VORAZES E TORCIDA IMPACIENTE. A receita da tragédia do futebol nacional.

Ontem era notável a afobação com que o time jogava, querendo fazer logo a jogada de ataque, tocando errado e dando espaço ao adversário. Num time que não vinha atuando junto, seria de se esperar essa falta de entrosamento. Isso deveria ser ressaltado. Mas não... o time já entrou na pressão, jogou na pressão e o resultado foi o que vimos.

Agora, já não há paciência alguma e a impre$inha já fala em “sobrevida” ao treinador, como se já falasse num defunto. Eu quero é mais que todo esse bando de CORVOS vá é pra PUTAQUELHESPARIU e pronto. Se tivermos que trocar o treinador que seja, mas que cada um deles possa ter tempo e ambiente pra poder trabalhar bem.

Precisamos do time tranquilo pra se entrosar e ganhar padrão de jogo, o que não acontecerá enquanto não houver um time titular definitivo. Ainda mais com um time reserva em campo – e isso deveria ter sido considerado pela imprensa, pois o MO fez bem em poupar os titulares pro que realmente importa.

No restante pessoal, não vou nem postar vídeo do jogo. Ao invés, fica um SAMBÃO do Chico Buarque pra fechar o carnaval e começar definitivamente a temporada, praqueles que estão de cabeça quente demais nesse momento que VAI PASSAR...


11 comentários:

  1. Galluzzi, vamos que vamos, bora pro Uruguay buscar 3 pontos, e torcer, pois é a única coisa que nos resta. Torcer para o time acertar, pro MO arejar a cabeça entender certas coisas e começar a repensa esse esquema ou pelo menos dar mais variações, torcer para os jogadores se movimentarem mais e não ficarem engessados dentro de campo.
    A única coisa que não abri no seu post foi o sambão, por convicção minha, e unicamente particular não ouço e não quero saber mais nada desse cara. Respeito quem quem queira.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bamos, bamos PG!!! Nuestro sangue latino ferve! Eu torço pra que pelo menos o MO agite sacuda mais essa pasmaceira, pq vê-lo passivo alí na área técnica contra o Linense foi de doer...

      Sobre o samba.... rss... o Chico é do time do Kfuro, preso nas convicções setentistas... mas fora a pedância esquerdista, o samba é bom! Abs.

      Excluir
  2. Gostaria que essa energia contida na bela música do Chico pudesse contagiar toda nação Palmeirense, que às vezes acaba perdendo a linha - o time está em começo de temporada, percebo que o Marcelo está testando os jogadores, tanto que muitos foram poupados e alguns mesmo jogando não estavam com a cabeça no joga (a liberta vem aí) . Mas como sempre muitos torcedores querem que o time jogue como se fosse uma final de campeonato. Não tem jeito somos sanguíneos mesmo não dá pra evitar, mas tenho a certeza que esta fase VAI PASSAR....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Só pra variar... só pra variar as meninas com opiniões mais sensatas e balizadas que os ragazzi!!! Grazie Vanessa é isso aí mesmo!!! Abs!

      Excluir
  3. Fala Galluzzi, eu detesto o Marcelo Oliveira, mas ontem, percebi que a mídia esportiva estava marcando-o de perto, cobrando como eu nunca vi.
    A verdade, que as contratações foram feitas de baciadas, e o que realmente interessava, não foi resolvido, a zaga e o meia armador.
    O treinador, ele mesmo fará por onde ser demitido, se não melhorar.
    Avanti Palmeiras e abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Manu, só espero o Dracena entrosar com o Vitor pra poder definir a opinião sobre a zaga. E na volância, Arouca e Gabriel juntos... aí sim, com esse quadrado defensivo quero ver como nos sairemos... mas por enquanto eles nem jogaram juntos ainda!!! Abs!

      Excluir
    2. Verdade, me esqueci do Dracena, abraço!

      Excluir
  4. Galluzzi,
    Não quero ofender ninguém, mas a percepção que fica é que a imprensa está para você o mesmo que os moinhos de ventos representava para Dom Quixote. Não me consta que a imprensa contrate ou escale jogador no Palmeiras. Que culpa tem a imprensa se o Marcelo Oliveira não conseguiu dar nenhum padrão de jogo ao time apesar da quantidade de jogadores contratados?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Caro Ítalo, fique tranquilo, jamais me ofenderia com comentários online... ao contrário devo agradecer pela bola levantada, me dá chance de explicar ainda melhor. Começando de trás pra frente:

      1) Em primeiro lugar o time veio com um padrão de jogo de 2015 que inclusive nos trouxe a Copa do Brasil. Pouco mas veio. Em 2016 tivemos a chegada de vários jogadores com qualidade pra serem titulares e é NORMAL que até que o time titular seja encontrado, haja essa falta de padrão. É NORMAL!!!!! No último jogo a maioria ERA RESERVA, o que faz com que o desentrosamento seja ainda maior. Cadê que isso foi minimamente considerado?

      2) Cara, se vc usa com o papinho de "que culpa tem a imprensa" jamais deve ter sequer ouvido expressões como "4º Poder", "Watergate" ou uma infinidade de casos onde a imprensa atua como fator DETERMINANTE e não apenas analítico da situação. Sugiro que vc procure um filme antigo(currículo de faculdade) chamado "A Montanha dos 7 Abutres" pra vc começar a ter ideia de como a imprensa não só avalia, como MATA a matéria que está na sua mão, se isso for necessário pra sua sobrevivência. Aí, vc volta aqui pra gente ver QUEM É O DOM QUIXOTE ILUDIDO dessa realidade. Aquele abraço.

      obs.: não me incomodo em caçar moinhos de vento fratello. O que me incomoda é ver minha torcida deixando o senso crítico de lado pra agir como uma qualquer... mas quem se surpreende com o palmeirense agindo mais por paixão que por razão é qualquer coisa, menos palmeirense. Abs.

      Excluir
  5. Galluzzi,
    Você está cometendo um pequeno engano. A imprensa nunca foi e nunca será a causa de nada. O papel da imprensa é apenas informar. Também não devemos misturar as coisas. Aqui, neste espaço, sempre nos referimos à imprensa esportiva. Todos nós, e principalmente nós, sabemos que no Brasil, a imprensa esportiva sempre teve má vontade com o Palmeiras, logo não deveríamos deixar que isto nos afetasse tanto.
    Por outro lado, continuo com minhas indagações:
    1) Que culpa tem a imprensa da bagunça tática observada nos jogos do Palmeiras?
    2) Que culpa tem a imprensa da falta de padrão de jogo?
    3) Que culpa tem a imprensa se o time do Palmeiras não mostra nenhuma evolução?
    3) Que culpa tem a imprensa se o futebol do Palmeiras não convence ninguém?
    4) Que culpa tem a imprensa se a pré temporada não serviu para nada?
    5) Que culpa tem a imprensa se o Palmeiras só contratou reservas em 2016?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não meu querido Colonetti, me desculpe mas o engano é SEU. Preste atenção:

      É lógico que a imprensa não CAUSA. A imprensa EXPLORA a causa. Ela não inventa, ela AUMENTA. A imprensa não MENTE, ela DESCONTEXTUALIZA pra salientar seu tema. Assim, tem toda capacidade de precipitar acontecimentos.

      É isso que DISTORCE as opiniões nos deixando a ILUSÃO de que outro treinador teria feito melhor do que o atual. Ou que uma essa troca agora poderia nos ajudar.

      Vc acha que o papel da imprensa é apenas informar? Hahahahahahahhhh... ah meu amigo... DOCE ILUSÃO, e eu é que sigo moinhos de ventos... quem dera a imprensa apenas informasse. A imprensa serve ao propósito de quem é seu dono, meu amigo.

      Ítalo... imprensa precisa VENDER! Essa é a verdade. Informação é apenas a farinha do bolo que nos entregam. Eles falam o que tiverem que falar pra VENDER. E nessa DISTORCEM a realidade e junto a opinião geral que pára de pensar com senso crítico e passa apenas a repetir o mingau que lhe é servido.

      Em qualquer outro país CIVILIZADO existe uma mentalidade mais MADURA – refletida pela imprensa – que permite um planejamento ser mais bem executado, pensado e trabalhado. Aqui a mentalidade HOMER SIMPSON domina e só se age por impulso, só se fala com as vísceras e o bom senso é escasso. Nenhum país do mundo possui um canal de comunicação com tamanha abrangência na população. Pare pense à que propósito esse sistema funciona...

      1) A imprensa não tem papel nenhum em nossa formação tática mas sim na OPINIÃO (precipitada e tosca) que nós temos dela.

      2) Não tem papel nenhum em nosso padrão de jogo mas sim na OPINIÃO (precipitada e tosca) que nós temos dele.

      3) Não tem papel nenhum na evolução de nosso jogo mas sim na VISÃO(precipitada e tosca) que nós temos dela.

      4) Não tem nada a ver com a pré-temporada mas o fato de você achar que ela não “serviu pra nada” já mostra a precipitação em seu julgamento.

      5) Quem disse (além de você) que o Palmeiras contratou mal pra essa temporada? Mais um julgamento tosco e precipitado – que ignora o princípio básico da dificuldade de QUALQUER time contratar.

      Desculpe fratello... você pode continuar acreditando que nosso (ETERNO) problema é treinador e ainda que a imprensa está aqui “apenas pra informar”. Mas tenho que ser sincero e dizer que pelo menos ESSA ILUSÃO eu não tenho mais. Fique a vontade... mas não acho que lhe preste a função de papagaio de mesa redonda. Acredite, podes ir além.

      Obs.: ah, e não esqueça de assisitir ao filme que lhe citei (ou ler a resenha no wikipedia) pra vir aqui depois e discutir se o papel da imprensa é mesmo informar. Aquele abraço.

      Excluir