segunda-feira, 7 de março de 2016

É, um dia iria acontecer...

NOSSA VITÓRIA, NOSSO JOGO, NOSSO PADRÃO. 

Alguém na rodada disse que o resultado um dia iria acontecer. Só que um resultado às vezes é um indício, não exceção. No Palmeiras deve ser assim. “Ah, mas foi o Capivariano”... tudo bem, antes nem contra um Capivariano conseguíamos convencer! AGORA SIM! Acertando o passe tudo melhora.

Os passes funcionam (tivemos um bom número deles) quando o time joga mais coeso, correndo junto. Mas devo observar algo, me digam se me engano: sem Barrios e Robinho conseguimos mais ação ofensiva. Nada contra eles, mas o esquema ficou melhor...

Gostaria apenas de ressaltar mais uma vez a presença da torcida e quanto ela é fundamental nesse processo. Não sei qual foi a última vez que, somados os públicos da rodada de SP, SCCP e Santos (que fizeram o clássico), não atingiram o público que o Palmeiras teve, contra o Capivariano!

Mas voltando ao time, os destaques do momento: Cristaldo e Allione. Muita raça no primeiro, ajudando a marcar a saída de bola. O Allione tem ótima técnica e pode “ganhar” esse meio campo se apresentar mais consistência durante o jogo. Bom, do Dudu nem preciso falar porque mais uma vez sai como um dos melhores em campo. O moleque detona!


Na parte defensiva o Thiago Santos continua mostrando um bom futebol, mas é nesse aspecto que o adversário foi mais frágil. Com Thiago, Matheus Salles e Arouca, além do Gabriel voltando, temos tudo pra acertar a volância. E o Thiago Martins, que está correspondendo muito bem no setor direito da zaga.

Finalizando, um dia iria acontecer do Palmeiras encontrar seu futebol. Se isso se transformará em “padrão de jogo” ainda é cedo dizer, mas nada como o tempo pra nos dar esperança... além de algumas lições. Ponto pra você, Moe! Vejamos a sequência pois agora é o que interessa.

QUARTA-FEIRA É 220V!!! Completando essa quadra de jogos em casa, um verdadeiro “banho de torcida” nesse time que precisava justamente desse “boost”. BORAVERDÃO!!!!!!!!

14 comentários:

  1. Olá.
    A melhora me pareceu que decorreu muito mais pelo Robinho, metido a lançador, que o Barrios, vítima do esquema, como Alecpança. O Cristaldo não é nenhuma sumidade, mas encanta pela entrega, e merece ser titular e que sirva de exemplo para os que ficam passeando em campo a espera da bola chegar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É verdade Elcio... mas o problema maior não é o Robinho ser "metido a lançador"... isso todo meio-campo deve mesmo ser. Problema é ele não ser metido a cadenciar o jogo, a partir com a bola dominada, subir ao ataque, driblar e finalizar... abs!

      Excluir
  2. Galluzzi, Eu iria dizer justamente sobre o Robinho, não que seja mal ou tenha que sair, mas o meio campo sem ele fica mais compactado (esta palavra virou moda). O problema é que o Robinho sempre que recebe a bola quer lançar. O lançamento é bom em alguns momentos, quando algum atacante se desgarra para receber a bola, e não em todos momentos, pois isso vai fica facilmente marcado, vira chutões que batem e volta.
    Precisamos de um 10 que chame o jogo. A cereja do bolo tão prometida. Vamos esperar que o CX faça isso.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é PG, se há algo no qual o Palmeirense se especializou é esperar jogador em recuperação. Se o CX não fizer a função, de repente pode ser o Allione mesmo. Abs!

      Excluir
  3. Boa tarde parceiro, gostei do que vi ontem um time mais ciente do que estava fazendo, o que ficou claro para mim e parece que para todos aqui foi que o Robinho esta enganado sobre seu muitos passes longos, Alione carrega mais a bola e privilegia o passe, mas ainda fica devendo pq ele dorme alguns minutos e vc nao ver o narrador falar o nome dele. E o Cristaldo muita garra mas sem tecnica alguma, estamos carentes nesse setor, e o Egidio nao vou nem comentar. abracos. Verdão Mineiro

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É parece que ficou pequeno pro Robinho. Pro Egídio então, minúsculo. Vitor Luiz já. Abs!

      Excluir
    2. Galluzzi, me ajuda cara, Mauro Cezar, Trajano e o Gordinho Atleticano, aqueles caras, o Palmeiras pode ganhar a triplice coroa q eles vão falar mal, mas isso e o de menos fico mesmo aborrecido, como eles demostram tamanho clubismo, são torcedores analisando o time dos outros. Abracos. Verdão Mineiro.

      Excluir
    3. Nossa ajuda é a MP, Mineiro... Mídia Palestrina neles! Se não é populismo, é clubismo... e assim caminha o profissionalismo (ralo abaixo). Abs!

      Excluir
  4. O MO não inscreveu o Vitor Luis nem no Paulista e nem na Libertadores. Chamaram o cara que estava jogando bem no Ceara e puseram na geladeira. No jogo de domingo não tinha nenhum zagueiro na reserva do Thiago Martins e Vitor Hugo porque o Nathan tambem não está inscrito.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, vacilou o Moe... pô, se me lembro de algo o futebol do Vitor põe o Egidio no bolso. Temos um déficit na LE. Não espalha... rs. Abs.

      Excluir
  5. Oi Galluzzi, beleza, tomara que agora com esses jogos acenda o brio dos jogadores e eles transformem esses bons momentos em padrão e que amanhã tenhamos a certeza disso, vamos socar o Nacional.

    Mudando um pouco de assunto, essas noticias sobre a CREFISA ter um esquema de empréstimos para os alunos da FAM onde estão acusando os donos utilizarem de informações dos alunos da faculdade para oferecer emprestimos, você acha que isso pode afetar o time e o contrato de patrocínio?

    Abraço,

    Denilson

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso é de menos Denilson... a faxineira que foi arroladada como testemunha da assembléia que passou o controle da FAM pros atuais proprietários está processando os mesmos. Agora a faxineira vai ser dona de tudo e vamo q vamo. Se pode afetar o contrato? Num primeiro momento não. Já num segundo momento, veja bem... Brasil - il - il!!!

      Excluir
  6. É verdade, depois convida todo mundo pra comer uma pizza no Bixiga e fica tudo certo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O réu, o acusado, o advogado e o delegado. Tudo no bolso do magistrado. K-pow!

      Excluir