sexta-feira, 18 de março de 2016

Um jogo. Um foco: Rosário.

Olha fratellada, temos que ser sinceros como sempre. Só levamos um porque o Nacional também não é nenhuma Ferrari. Fosse um Atlético Nacional da Colômbia, o sacode seria de 4 pra cima.

Há muito tempo não via o Palmeiras apresentando um futebol tão horroroso quanto apresentou ontem, no Uruguai. NINGUÉM jogou bem! Ou melhor, o Prass foi bem e zaga também. Mas dái a frente nem o Dudu, constante referência, não jogou nada! Duvido que o Cuca tenha dormido essa noite. Deve ter acompanhado o Nobre numa noite às claras.

Começando lá atrás. Goleiro ok. Zaga ok. Laterais? Vixe... bom, o Lucas parece que está frequentando o mesmo ambiente onde o Egídio perdeu seu futebol, não é possível. Esse último nem volta mais, por favor Cuca.

Na volância, jogadores certos numa posição estranha. Achei que o Gabriel ficaria na contenção e o Arouca na saída, mas jogaram invertidos. Ajudou na marcação, mas a saída de bola foi desastrosa!

Sem laterais, volantes ou meio-campo pra conseguir conduzir a bola da defesa ao ataque. Simplesmente assim. No segundo tempo com a entrada do Robinho e Jesus até aparecemos por um ou outro instante. E só.

Vamos ao prático. O que o Cuca pode fazer? Vamos focar numa só partida, nossa final de Copa do Mundo, contra o Rosário Central lá. Olha a pedrada...valha-me Deus...

Lateral direita: Jean (se aceitar bem o posição) ou João Pedro? Normalmente se utilizaria um jogador mais experiente (Jean), até porque tem boa saída de jogo. Continuar com o Lucas pode até ser, mas ele deve voltar ao futebol antigo porque o de hoje está de doer.

Lateral esquerda: Zé Roberto, não outra opção. Egídio Deus me livre.

Volância: Pode continuar Arouca e Gabriel, mas devem se aproximar pra conseguir trocar a bola sob pressão. Os times sacaram isso, que é só apertar que a gente dá chutão. Se não resolvermos isso, danou-se. Mas não podemos esquecer que tanto Matheus Salles quanto Thiago Santos também correspondem bem quando entram.

Meio campo: aí complicou. Não sei o que fazer. Talvez jogar com Robinho e Allione, deslocando Dudu pra frente (ou sacando-o). Só sei que precisamos fortalecer e muito o setor, praticamente inexistente hoje. O Cleiton Xavier poderia entrar de cone móvel, talvez ajude mais do que o vácuo criativo que temos pelo setor. E valer algo das centenas e centenas de milhares de reais que já despendemos com ele. Só no Palmeiras essas coisas...

Ataque: aqui também tá complicado. Numa configuração diferente (pensando no Rosário) poderia jogar com Dudu e Cristaldo, ou começar com Jesus e entrar com Cristaldo no segundo tempo. Ou numa hipótese sem Dudu usar o Rafael Marques pra cabecear (dependendo do desempenho adversário nesse quesito). Barrios não me passa confiança. Alecsandro pode até ser, se a bola estiver chegando bem pelo meio. Mas tentaria algo diferente.

Olha, é trabalho pra dedéu. Vai quebrar a cabeça, Cuca! A única vantagem é que temos algum tempo pra treinar (e jogar) antes da batalha na Argentina. Faz retiro, vai pra Atibaia... não, Atibaia não! Muita imprensa, vai pra Itú. Vai pra onde quiser (ou não)  mas faz esse time jogar Cuca!!!

Mas vou dizer, fratellada. Preparem seus corações. Temos nos acostumado a jogar contra “favoritos”, mas dessa vez será gigante.

Não importa. O que podemos fazer agora é acreditar. ESTAMOS JUNTOS PALMEIRAS! RESISTIR! RESISTIR! RESISTIR!!!

10 comentários:

  1. Robertão, que calvário...

    Pobre Cuca, outro que provavelmente vai se lascar... está cada vez mais difícil de acreditar nesses jogadores, estou quase jogando a toalha pra eles. Vi que você tentou montar uma formação, mas com esse futebolzinho ficou difícil. Temos goleiro, zaga, volancia e talvez um ataque (não dá pra saber se a bola não chega). Continuarei torcendo para que o time adversário continue errando o gol e que por um descuido qualquer nossa bola invada a rede adversária. Tá difícil...

    Como não acredito em milagres e sim em possibilidade, acho que vamos demorar mais tempo pra arrumar a casa do que o esperado, desculpe Robeto, mas com o futebol apresentado esse ano tá difícil almejar qualquer coisa.

    Força Palmeiras!!! Você é eterno, jogadores irrelevantes caem no esquecimento.
    #mesentindochateado #forcaverdao #Palmeiras

    Abração!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é Claudjones, ontem foi complicado. E continuará complicado... mas temos elenco, temos comissão e treinador novo. Se não acreditarmos em algo esse ano ficará longo demais... Abs!

      Excluir
  2. Caro amigo, infelizmente desta vez não venho com esse otimismo, pra mim a libertadores acabou, e de fato do jeito que esta tem mais que acabar mesmo, não muito diferente das outras, mas com um tempero especial por ser a libertadores do ano onde teve mais campeos da competição, nao se ganha o campeonato desses com: superstição, sorte, malandragem, TEM QUE JOGAR BOLA PARCEIRO, coisa que esse time nao vem fazendo a tempos, e sem motivo, pois, tem um bela de uma estrutura, campo nivel europa e salarios em dia, ou seja, na minha visão, concentrar no paulista para acertar a equipe, treinar, da padrão de jogo, por que o campeonato brasileiro de pontos corridos puni essas equipes instáveis como a nossa, e nossa torcida ja pago um preco muito alto com 2 rebaixamentos, e isso nunca mais. Avanti Palestra.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É uma coisa visceral Mineiro... vc assiste o jogo, sente aquela ânsia e troca de canal pra não sujar o tapete da sala... aí volta. Que angústia... rs. Abs!

      Excluir
  3. É Galluzzi, ontem lembrei de ti, quando pela trigésima vez aquele muleque ficou cara a cara com o goleiro e borra as calças. Não aguento mais tamanha amarelice. Voce disse para eu não reclamar de nossa revelação, mas isso está mais para enganação do que qualquer outra coisa. Falando do time, por sorte já havia jogado a toalha depois do jogo com o Rosário, já sabia que temos é que tomar cuidado para fazer um bom papel no Brasileirão. Com esses mesmos jogadores, vai ser sufoco direto. Se ganharmos do Rosario, não adianta ficar contente, porque o vexame vai ser o River em casa.
    Abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tudo bem Elcio m'friend. Temos elenco pra isso. Só que o Cuco não parece concordar contigo, haja a vista a manchete (http://www.verdao.net/noticia.php?n=16139). Vc acha que num eventual milagre de vencermos o Rosário lá, não conseguiríamos o mesmo com o River-Uru aqui? Pô fratello... faz assim, site de aposta... pelo menos vc pode lucrar com a tragédia! rsss... Abs!

      Excluir
  4. Gallluzi, Esquece Libertadores, com esse time não da. Não tem postura é desconcentrado, da branco toda hora principalmente na defesa. O Gabriel como falou ficou 8 meses fora e o time desandou porque sem ele perdemos saída de bola, e proteção. Contrataram trocentos e cinquenta e um volante e nenhum conseguiu cumprir a função. Ai quando volta, o Cuca me escala em outra função. Porra que sina. Os técnicos brasileiros é tudo igual mesmo. Esquece Libertadores, precisa agora de uma limpa no elenco. Fica com uns 28 a 30 que aguenta tranquilo o BR16 e CB.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com certeza PG, o maior reforço agora seria uma limpeza no elenco. Dá-lhe bucha!!! Abs!

      Excluir
  5. Galluzzi,

    Realmente tá complicadíssimo. Tentaria o 4-4-2 mesmo: Prass; Jean, Dracena, Victor Hugo e Zé Roberto; Gabriel (Tiago Santos), Arouca, Robinho e Allione (Régis); Dudu e Jesus.

    Mas como disse o Cuca o pior foi a falta de atitude. O time (na verdade ainda não é um time) é muito frágil psicologicamente.

    Abraço!!! Hudson

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hudson, We have Problems!!!

      "Para desconforto psicológico, tome Porradil e seje hômi, caralho!"

      Num é? Tudo conta corrente recheada e mimimi... taqueospa viu...

      Abração!

      Excluir