segunda-feira, 9 de janeiro de 2017

As múltiplas opções de Eduardo Batista

Fratellada! Tudo sobre o que falam é a respeito de contratações. Mas se analisarmos bem, já poderíamos iniciar a temporada com uma variedade de escalações:

4-3-3
Prass-Mina-VH-Jean, Zé Roberto, Felipe Melo, Moisés, Tchetchê, Dudu, Guerra e Guedes

Mesma defesa, saindo o Tchetchê e entrando o Bastos (ou um atacante)

Volância com
Melo – Moisés
Melo – Tchetchê – Moisés
Tchetchê – Melo

Meio campo com
Dudu – Bastos
Dudu – Guerra
Guerra – Bastos
(Nem estou considerando ainda Hyoran e Raphael Veiga)

Ataque (dependendo da configuração de meio-campo)
Aqui temos os principais: Roger Guedes, Keno, Barrios, Erik, Alecsandro

Sinceramente não dá pra dizer. A variedade de composições com essas peças já é tão grande que depende diretamente do que houver no meio-campo.

Se o Keno por exemplo chegar jogando bem... pode fazer uma composição com Barrios ou Alecsandro. O Barrios (se não sair) sabe que tem que mostrar serviço, pouco apresentado (até por contusões) ano passado. Virá com “faca nos dentes” pra Libertadores. O Roger Guedes também virá com tudo pra aproveitar a "lacuna" da saída do Jesus. Será uma batalha por espaço!

Não podemos correr o risco de “inchar” o elenco, pois é difícil de administrar... fosse o Mattos, seria muito pontual nos futuros reforços.

Batista, não esquece a lateral esquerda! Cuida disso ae!


Felipe Melo chegando
Esse vídeo mostrando a chegada do Felipe Melo às instalações do CT Palmeirense dizem por si só o impacto positivo de uma estrutura bem montada para a motivação de um jogador. Seja bem vindo Melo.


Nenhum comentário:

Postar um comentário