sexta-feira, 17 de março de 2017

O destino dos heróis é cruel

Olha, chega a nós a notícia sobre um profundo aborrecimento do nosso ex-presidente Paulo Nobre, por conta de um suposto “ostracismo”, e de decisões políticas que vão contra sua linha de pensamento.

Não duvido. O nível de INGRATIDÃO que o ser humano costuma mostrar com muitos daqueles que os salvaram a pele, é absurdo. Terrivelmente normal, HERÓIS costumam ser relegados ao nimbo, justamente por terem ENFRENTADO situações as quais nós, reles normais, jamais teríamos condição.

Paulo! Fica assim não fratello!!! Vc bem sabe que o palmeirense é o humano entre os humanos. Com suas qualidades e vicissitudes, forças e fraquezas. Pois somos fracos... fracos à VAIDADE. Que deixa de lado o BEM COMUM em torno do próprio umbigo. Que a VERGONHA se abata sobre nós!

Não tem essa de torcer ou não torcer a favor. Acompanho o futebol desde 1977 e sendo pura e exclusivamente “torcedor comum” (agora Avanti), não tenho conhecimento, rabo preso ou inclinação política nenhuma. Falo por ordem direta e reta da minha consciência, pelo que julgo melhor para o PALMEIRAS e seu FUTEBOL a curto, médio e longo prazo.

Tendo isso em mente além da inefável memória de nossos passados prisas, digo sem a menor sombra de dúvidas que – para nós torcedores de alma pura – não houve melhor presidente do Palmeiras, desde Byron e Delfino, do que nosso saudoso e sensacional Paulo Nobre.

Não tenho o menor pudor em elogiar o quanto for necessário tudo aquilo que nos ajuda e ajudou. Nossa história é magnífica e não pode esconder isso. Nobre demonstrou condição, inteligência, paixão e coragem.

Com uma dedicação tremenda e uma ideia de EXCELÊNCIA e PROFISSIONALIZAÇÃO, recolocou o Palmeiras no TOPO, assim voltamos a ser a referência, seja pela conduta ou pelos resultados.

O problema é que justamente por FAZER AS COISAS DA FORMA CORRETA, e colocar O PALMEIRAS sempre acima de tudo, bateu de frente com diretorias, torcida organizada, patrocinador, imprensa e o que viesse a causar ruído nesse processo de EXCELÊNCIA. É tipo a choradeira da Previdência... todos sabem que TEM QUE SER FEITO. Mas quando bate no próprio bolso, a conversa muda... é complicado.

Somos complicados Nobre, desculpe...incapazes de perceber os procedimentos CORRETOS estaremos sempre a mercê de uma realidade onde interesses pessoais falam mais alto. Mas mandam flores e tocam musiquinha... brasileiro adora musiquinha. E novela... e futebol...

12 comentários:

  1. #PauloNobreForever #PauloNobreTorceMaisQueEu #NobrãoAindaVolta

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olha Gui, até abro mão da volta, desde que as lições que ele deixou não sejam esquecidas. Paixão, inteligência, coragem... e dinheiro. rs. Abs.

      Excluir
  2. Estou certo que como anônimo represento mais de 90% dos PALMEIRENSES ao aplaudir esse
    articulista. Tenho 76 anos de idade e 68 de PALMEIRENSE e nunca fiquei tão feliz com
    a presidência do nosso PALMEIRAS como fiquei com a administração do PAULO NOBRE.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. AEEEE!!! Viva a voz da experiência! Grazie fratello.

      Excluir
  3. Oi Galluzzi, tudo certo? Realmente o Nobre colocou o nosso verde de novo no seu devido lugar, sempre disputando titulos e ganhando, sendo o campeão e para isso não precisou apelar para o dinheiro publico ou ficar na mão da TV adiantando as cotas de exibição, colocou dinheiro do bolso quando a situação complicou, mas criou um mecanismo do time paga-lo sem precisar se afundar novamente em dividas, com certeza o Nobre foi o melhor presidente de pelo menos os ultimos 40 anos.
    Agora o problema é essa Leila vir a publico e falar que ninguém faz mais pelo Palmeiras que ela, já tá se achando dona, quem fez pelo Palmeiras, foram o Leivinha, Leão, Ademir da Guia, Luis Pereira, Evair, Edmundo, Marcão, Roberto Carlos (apesar de ter ido pros gambás), Fernando Prass, Jailson, Moises, Tche Tche, Dudu, Mina, Cuca e tantos outros que nos trouxeram alegria, ela acha que o Palmeirense é trouxa, o patrocínio é via de mão dupla, ou ela rasga dinheiro quando paga o patrocínio, como dizem não tem almoço de graça, alguém se lembra do que era a tal da FAM antes de aparecer na camisa e mesmo a CREFISA conhecida mas com imagem de "extorquir" o dinheiro dos outros.
    Ela tem mais é que ficar quieta, se acha que comprou o Palmeiras tá enganada, os torcedores tem que mostrar isso, porque se for depender do Galiotte isso não vai acontecer, porque está sendo totalmente condescendente com a situação, tudo com o sapo-boi por tras.

    Só espero que isso não afete os avanços, porque seria terrível o retrocesso.

    Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exato Denilson!Frase da dna. Leila: "Mustafá Contursi é a alma do Palmeiras". Outra: "A fase de ouro do Palmeiras foi na época da Parmalat". Simplesmente ignorou as decadas de 60 e 70... é de chorar. Pq não se limita a pagar o patrocínio e fechar a boca???! Dio mio...

      Excluir
  4. Fala Galuzzi!!!

    Devido ao tema não poderia deixar de escrever alguma coisa...

    Obrigado Paulo Nobre por me fazer mais uma vez, acreditar que gente bem intencionada tem o poder de mudar o panorama de qualquer situação. Obrigado por fazer a coisa certa, seja pelo motivo que for. Obrigado por ajudar o time que adotei como sendo do meu coração. Obrigado, obrigado e obrigado.

    Espero que um dia, de preferência antes que seja tarde demais, você possa voltar.


    Quanto à reforma da previdência, concordo que ela tem que acontecer, mas não do jeito que está sendo feito. Só a classe trabalhadora (empresários e funcionários) que sempre se lasca, enquanto os FDP continuam mamando as nossas custas. Dinheiro não falta, o que falta é boa vontade de fazer a coisa certa.

    Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Beleza Claudjones! Pois é, acredito que a maioria da torcida reconheça o trabalho do Nobre. O problema é que as pessoas que foram atropeladas por ele agora estão indo a forra... quando a Preço, se lá não sou esperar. Mas é preciso cuidado com essa pensamento "dinheiro não falta", pois foi o mantra mais usado nos uĺtimos 500 anos... rssss. Abs!

      Excluir
    2. Corrigindo a frase: quanto a "Previ" sei là, não sou "expert"... maldito corretor! Rssss

      Excluir
  5. Galluzzi,
    Já me manifestei por diversas vezes aqui que penso de forma diferente. Assim vejo a situação por um outro prisma. Na minha opinião, o Paulo Nobre está colhendo o que plantou. A gestão implantada pelo ex-presidente só iria funcionar com ele. Sempre lembrando que os dois primeiros anos do PN, e seu discurso de pobretão, foram uma lástima. Só melhorou no segundo mandato e, ainda assim, com a ajuda da Crefisa. Os narcisistas Paulo Nobre e Leila são farinha do mesmo saco que tentam se promover pessoalmente a todo custo. Igualmente não concordo com o argumento de alguns que batem no peito e alardeiam que tem o maior patrocínio master do Brasil mas que não dá o direito do patrocinador se manifestar ou se capitalizar deste fato. É muito egoismo!
    Abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ítalo, me desculpe mas vc está repetindo a mesma papagaiada repetida em fóruns. Primeiro: a administração do Nobre só poderia ter sido feita por ele. Na boa.... além de redundante é raso! Qual seria a opção dele? Vamos lá, qual seria a opção? É evidente que cada um faz aquilo que tem condição, ele teve e fez! Ou vc acha que deveria ter continuado pagando juros pra banco?

      Segundo: discurso de pobretão???? Ah, fratello aí não! Parece sindicalista falando q não falta dinheiro na Previdência!!! O bagulho tá FALIDO e o dirigente acha q não, austeridade é coisa de economista... é por conta dessa mentalidade (q o Nobre conseguiu reverter aqui) q tanto clube está quebrado, limitados pra investir.

      Ítalo, acho que devemos ter a capacidade de ENXERGAR que ao invés de "discurso de pobretão" o q o Nobre fez foi SANEAR o clube finaceiramente, processo que sempre traz dificuldades! Aí sim, compreenderíamos que pra evoluir e necessário esforços e sacrifícios. Mas esperar isso do povo brasileiro é demais... por isso estaremos sempre limitados aos nosso vôos de galinha.

      Finalizando, o Nobre nunca precisou se "promover pessoalmente". Vc acha q um cara com 500 milhões de patrimônio precisa disso? O cara não está bem aí. O fato é que sempre colocou O PALMEIRAS acima de tudo, coisa q infelizmente nem todo mundo percebeu. Aliás, qual foi a última vez que vimos o Nobre falando do patrocínio? 2015?... Veja, não há problema no patrocinador "capitalizar" seu investimento, mas NUNCA com declarações que REBAIXEM o Palmeiras (isso sim discurso de pobretão) pra se passar de SALVADOR do clube. Mas sinceramente... eu não esperava nada diferente dessa galera. When the master leaves, the servents decides to play... grazie fratello, bela parolla!

      Excluir
  6. Galluzzi,

    estou atrasado lendo os post rss
    Mas vamos lá aos fatos ... Na gestão do Nobre veja se a Crefisa ou a WTorre tinha voz pra ficar de blablabla eu sou isso aquilo e tudo mais? Não. Porque ele colocava as empresas em seu devido lugar. Quer patrocinar é simples, envie seu dinheiro, estamos sua logo marca na camisa e demais possibilidades no estádio de acordo com o contrato e acabou por aí. É negócio ... Veja se na TV Bobo ou qualquer outra emissora a Crefisa ou qualquer outro patrocinador fica falando eu fiz isso ou aquilo? Se não fosse por mim isso? Realmente foge da questão de negócio, vamos ser profissionais chega de amadorismo. Realmente poderiamos lançar a campanha "Cala-te Leila" nos jogos com faixas e tudo mais, o que acha da idéia Galluzzi? rsss
    Como disse é negócio, você me dá dinheiro e eu te dou visibilidade simples assim. Cada um cuida da sua parte.
    Se não tiver bom para alguns dos lados tchau e a vida segue. Até pra relembrar que na Gestão do Nobre vivemos uma boa parte sem patrocinador e nesse meio tempo, quem ajudava e sempre ajudou o time é realmente quem ama, nós os torcedores, indo em jogos, participando do programa de sócio, enfim, ajudando como podemos e em momento algum, pedimos para colocar nosso nome em qualquer lugar ou ficamos falando, que se não fosse por mim o Palmeiras estaria isso ou aquilo.
    Nobre tinha paixão pelo Palmeiras, defendia com unhas e dentes, como se fosse seu próprio filho, jamais deixa o Palmeiras ser explorado por empresas e empresários e contra dizendo a dona Leila eu mudo a frase dela para a seguinte: A época de ouro da Parmalat foi quando o Palmeira estampou sua logo marca na camisa. Pense bem, quem era a Parmalat?
    O Paulo é ser humano, pode ter falhas, cometidos erros, mas acima de tudo fiz o que muitos tentaram e não conseguiram, levantar o Palmeiras e colocá-lo em seu devido lugar, na disputa por títulos.
    Mas enfim, Nobre não se preocupe, o reconhecimento eu sei que é algo que você não busca e sim só que ver o melhor pro time, então bola pra frente, pois só o tempo reconhece a verdadeira história e seus heróis.

    Desculpe, já escrevi demais, foi um desabafo, a tempo estou com isso engasgado rss

    Abraço,
    Sandro

    ResponderExcluir