quinta-feira, 20 de abril de 2017

100 anos em casa

Já foi noticiado que nosso Templo Sagrado do Futebol Mundial, o antigo Palestra Itália, atual Allianz Parque completou nessa semana 100 anos recebendo nossos jogos. Era 1917 e dali a 3 anos iríamos encampar a ideia de ter aquele local como nossa sede permanente.

Foi uma loucura, mas assim somos nós! Ter uma casa não era apenas um gesto prático, mas algo que iria marcar nossa personalidade para todo sempre, como aqueles que constroem sua realidade sem precisar de privilégios. Assim fizemos nossa casa. PARQUE ANTÁRTICA, PALESTRA ITÁLIA, ALLIANZ PARQUE. CASA DE FAMÍLIA!!!!


Privilegiando a Libertadores
Sei que a vitória em todos os campeonatos é algo sempre desejado. Mas não acontece de forma prática. Nem nas décadas de 60, 70 e 90 quanto tínhamos esquadrões fabulosos, conseguimos conciliar as conquistas nacionais e continentais. Não seria essa uma ótima lição para obtermos sucesso em nossa principal empreitada da temporada?

Obrigado ao Campeonato Paulista, mas na Libertadores não basta se classificar. Temos que fazê-lo com mais de 12 pontos, caso contrário a chance de disputarmos as finais com a segunda partida fora de casa são muito grandes. E todos sabemos de nossa força na segunda partida em casa...

Por isso fratellada, ATENÇÃO!!!! 2 EMPATES nas partidas contra Peñarol e Jorge (26/04 e 03/05, intercaladas com as finais do Paulista...) fora de casa não é o melhor resultado! Temos que VENCER uma das partidas pra poder nos classificar com 13 ou 14 pontos, essa sim pontuação que pode trazer segundos jogos em casa até a final (com exceção das oitavas onde há sorteio).

Por essas e outras desejo tudo de bom nesse sábado. Mas nosso objetivo real é outro. E nada deve atrapalhá-lo. O maior mérito de um general é conhecer bem a si e a seus inimigos, bem como o terreno por onde anda. Sabedoria fratelli, sabedoria...


2 comentários:

  1. bom dia Galuzzi, tudo bom? Concordo em partes com vc. Montamos um elenco para disputar tudo contra todos. Do jeito que foi a derrota para a pedra de tropeço da Ponte Preta, não podemos aceitar. Pelo menos ir para os pênaltis e ver o que dá. Sei que a Liberta é o sonho, mas o Paulista faz um tempão que não ganhamos. Temos um ótimo elenco que tem que dar trabalho aos adversários. abçs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Beleza VH? Bem amigo... veja, como vc mesmo citou, montar um elenco pra DISPUTAR tudo contra todos. Mas isso não significa GANHAR tudo contra todos. Aí é que reside a diferença entre teoria e prática. Dar "trabalho" a gente já deu no Paulista. Na Libertadores eu não quero "dar trabalho". Eu quero VENCER. Abs.

      Excluir