segunda-feira, 3 de abril de 2017

Fora de casa e de virada!

Ah, como é doce o amanhecer vitorioso. Cá estamos em mais uma segundona brava, um pouco mais branda pela conquista dos 3 pontos, fora de casa e de virada. O melhor da vitória foi a superação, após sairmos perdendo o time teve tranquilidade pra se reorganizar e partir pra cima.

Vamos ao complicado: temos que ajustar nossas laterais. Egídio, esforçado, melhorou no segundo tempo mas complicou no primeiro. O Batista queria explorar seu bom cruzamento e previa Tcetche na cobertura. Bem, não funcionou muito.

A principal arma do Novorizontino foi a velocidade de seu camisa 7 justamente em cima de nossa lateral esquerda. Por alí fizeram seu gol, antes que nosso treinador conseguisse dizer “fica Egídio”. Mas o problema não ficou só ali.

Ainda falta uma coordenação maior entre Melo e Tchetche, principalmente quando o Guerra não estiver em campo, pois é um que ajuda a marcar. Dessa forma podemos ajustar o posicionamento de cobertura das laterais e fechar o meio-campo quando preciso. Há falhas no setor.

Mas quem não quer saber de falhas é o “Buck Rogers” Guedes, um foguete em campo! AAAhhh muleke!!! Desencana do cartão, isso acontece. Tua sequência não será quebrada e estás conquistando sua posição!

Futebol é assim... com raras exceções, existe uma oscilação natural no desempenho dos atletas. Assim, há dias em que o Dudu não vai ter a melhor atuação e temos que compensar de outro lado. Assim fizemos ontem. O passe para o terceiro gol foi justamente do Erik, que entrou no lugar do Dudu ao fim da partida.

Vitórias fora de casa, com torcida adversária fazendo pressão, sobre um time que vinha INVICTO em seu estádio, são espetaculares pra dar confiança ao elenco e comissão técnica E assim está sendo. Parabéns aos jogadores, Batista e toda comissão. Ainda não colhemos nada, mas em nossa horta não falta água. Nem luta. À CONQUISTA PALMEIRAS!!!

2 comentários:

  1. Fala professor! Tudo bom? Foi uma vitória mas com sustos (Everaldo no início do jogo...). Precisamos ir às compras para as laterais no Brasileiro. E sobre o Valdívia? Vem ou não? abçs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Faaaala VH! Cara, eu preferia um lateral esquerdo do que o Valdívia. Mas tudo depende das condições de mercado, até ele... abs!

      Excluir