quarta-feira, 5 de abril de 2017

Time unido, grupo fechado.

Via de regra o reforço das equipes é visto como algo fundamental, que deve acontecer de forma constante haja vista que um time sempre pode ficar melhor. Dificilmente um time tem dinheiro, disposição e não vai às compras. Mas é justamente isso que o Palmeiras precisa fazer agora.

A declaração do Batista dizendo que “estamos bem servidos no meio campo” foi perfeita. É a demonstração infalível de confiança e apoio aos que hoje lá estão. E do meu ponto de vista, corretíssimo.

Esse papinho de contratação é pura VENDA de MANCHETE onde os únicos que lucram são da imprensa. Os times acabam saindo chamuscados desse imbróglio, ou pagando mais caro ou deixando um mar de “frustrados”.

Acontece que ao contrário do que alguns tentarão fazer, pintando o Palmeiras como “feudo” da “super Leila” - provocação infame visando causar ciúmes, inveja e cizânia – o Palmeiras ainda tem o melhor Diretor de Futebol desse país, um cara que pode fazera história por aqui. E um treinador que vem nos surpreendendo positivamente.

Time fechado! BLINDAR O GRUPO. Se liga Galiotte! ENFRENTE! Não se submeta aos dítames calhordas desse mercado mercenário e ardiloso. Acredita na tua torcida, ressalta o espírito de luta, família unida pela conquista! Não deixe a INVEJA corroer e EXCELÊNCIA que tanto buscamos!

A ascensão palmeirense incomoda muitos, que em nós projetam seus próprios demônios, incapazes de perceber nossa humanidade. Não existe bandido, não existe mocinho. Da história pouco sabemos e nela os papéis se invertem constantemente quando heróis de ontem se revelam calhordas amanhã. E neles (ou deles) cai o pano...

Nenhum comentário:

Postar um comentário