sexta-feira, 26 de maio de 2017

Ao trabalho Palmeiras!!!

Abro a janela e vejo... idiotice saindo pelo ladrão. Isso quando não é o próprio ladrão batendo em nossa janela.

Do esporte pouco se fala. A necessidade do público por “drama” alimenta a espetacularização do assunto em questão, tornando tudo uma imensa novela.

E o Palmeiras, que das novelas faz grandes óperas, o clube-mestre da emoção e paixão, é alimento vasto para essa fome pantagruélica por dramas pessoais.

Palmeiras se classifica bem, todos os “primeiros” embolados com 13 pontos, posições decididas no saldo. O assunto é a discussão do Melo, multa, o dinheiro investido, a seca do Borja...

Enquanto isso Cuca esfria a cabeça num brasileiro que está apenas se iniciando, mas que não permite muitos vacilos. Até o dia 14 de junho quando haverá o sorteio pras oitavas da Libertadores.

Esse jogo, apesar do sorteio do adversário (primeiros x segundos), mantém o mando de segundo jogo pros “primeiros”. Como ficamos em 5, o ideal é torcer contra todos os que ficaram acima de nós (Atlético-MG, Lanús, Grêmio e River Plate).

De resto é torcer pra que o time tenha PAZ!!! O excesso de exposição muitas vezes contamina ambientes e envenena relações!!! Atenção Cuca, Mattos e Galiotte. BLINDAGEM JÁ!!!

PAZ significa não fazer um ESCARCÉU no caso de uma derrota, não crucificar o Borja se não fizer gol, não se preocupar exclusivamente com o que sai da boca do Melo e sim dos pés (quando vai na bola... rs) e principalmente não ficar dando VOZ às CORNETAS. É hora de FALAR menos e FAZER mais. Ao TRABALHO PALMEIRAS!


Não é gol. É PLANEJAMENTO.
Trabalho, talento, planejamento! SE o Palmeiras tem condição hoje de investimento, não é porque o dinheiro caiu do céu e sim pro CORAGEM de passar 2 anos (2013 e 2014) na pindaíba pra poder colher os frutos em 2015 e 2016, exatamente como fizemos!!!

O que o Palmeiras investe hoje é FRUTO de uma conjunção de fatores, que vão de Estádio, a torcida e presidente com condição, coragem e astúcia pra não ceder a tentação de gastar o que não podia e comprometer um planejamento mínimo a médio e longo prazo.

Mas isso, a INVEJA impede de ser vista. A INVEJA prefere achar que o Palmeiras está onde está por conta de um patrocínio. Paspalhos, continuem pensando assim. Mas é por essa falta de reconhecimento sobre o que faz o sucesso que o Brasil continuará com seus vôos de galinha.

Não Cícero. Dinheiro não faz gol. Quem faz gol são jogadores com TALENTO como você mesmo, jogadores que são PAGOS pra isso e que na ausência desta condição, vêem minguar seu futebol na exata proporção. Estou errado? Então fique com seu discurso e nós ficamos com nosso planejamento. Que pode não fazer gols. Mas contrata quem os faz.

Nenhum comentário:

Postar um comentário