sexta-feira, 11 de agosto de 2017

O ambiente e o elo fraco

Analisando os fatores que podem ter nos levado a derrota. Além de caçar bruxas em treinador ou jogador. Pois o que temos é o melhor possível! Quem disse que outro treinador teria feito melhor? Patavinas...

Todo mundo fala: tem que saber lidar com a pressão. Jogador deve ouvir isso desde os 10 anos de idade. Mas na prática é diferente e se a pressão é sim eficiente pra manter o rendimento, o excesso dela com certeza torna esse rendimento mais difícil. É como o álcool. Até 2 taças ajuda. Após isso, atrapalha... e foi isso que nos aconteceu.

Invejosa e populista, a mídia gambá fez tudo o que podia pra esfregar em nossa cara que o “investimento feito exigia resultados”. Compramos a ideia. Da arquibancada às alamedas, repetíamos a cantilena. Ajudou? Em nada...

Dentro desse contexto, o mantra “obsessão” virou-se contra o feiticeiro e deve ser revisto. Obsessão, só pelo PALMEIRAS e pelos valores de noss FAMÍLIA. O resto é consequência.

A segundo erro foi as escolhas de jogador. Não conseguimos “compensar” a saída do Jesus, apesar do altíssimo investimento no Borja. Às pressas também fomos buscar um jogador que sinceramente, também espero que vingue. Mas até agora, vi mais farofa do que futebol de verdade...

Nosso meio campo sente a falta de um articulador (Moisés) que nem deserto à água. Guerra e Dudu aos poucos conseguiam fazê-lo, mas na falta de um, o vazio voltou.

E na defesa... vou citar uma opinião própria. O Jaílsão é sensacional, goleiraço xodó. Mas acho que fomos exigentes demais (fruto de toda a pressão) com o Prass. Por pequenas falhas, normais em qualquer situação, nós o colocamos na reserva. E pagamos o preço. Uma decisão por pênaltis em Libertadores, exige um goleiro mais experiente. E isso nos faltou, a despeito da extrema competência do Jaílson.

É hora de repensar que tipo de cobrança e pressão fazemos sobre o time, pois não é de hoje que inúmeros jogadores bons, aqui não vingam, justamente pela falta de um AMBIENTE que dê margem ao erro, que transmita CONFIANÇA e menos cobrança insana. Só assim o time joga solto. Se o jogador atuar sempre com o MEDO que a cada erro será sacado, joga constantemente travado...

Finalizando... mais CONFIANÇA e menos COBRANÇA. Isso não significa entrar nas competições com outro pensamento que não seja GANHAR. Significa apenas que temos que ABSORVER MELHOR a pressão e BLINDAR o time da tempestade que frequentemente lhe impomos.

E taticamente: time campeão começa pela DEFESA. Temos que voltar a fechá-la e aí sim voltar a atenção pra frente. E time campeão é EQUILIBRADO, sem poder ter um ELO FRACO que põe todo investimento por terra. Lembrem-se: SUA CORRENTE pode ser fortíssima. Mas se tiver 1 ELO FRACO é ali que vai estourar.

SEU TIME É TÃO FORTE QUANTO A QUALIDADE DO SEU PIOR JOGADOR EM CAMPO. Porque é ali que tudo pode se decidir. Assim foi, e assim será. Aprenda, Palmeiras. A dor é forte, mas a paixão é maior. ESTAMOS JUNTOS! E assim continuaremos.

11 comentários:

  1. Bom dia,
    Este ano está muito estranho. Nem o mais pessimista arriscaria dizer que chegaríamos em agosto nesta situação e com chances de não ganhar nada!
    Creio que são muitos os fatores e para não alongar muito destaco alguns:
    - O time que terminou 2016 estava encaixado. Começamos 2017 sabendo que faltava um lateral esquerdo e um atacante. Só.
    - De qualquer forma foram buscar o melhor jogador das Américas e o da Libertadores. Duvido que algum Palestrino não tenha ficado feliz com a chegada do Guerra e Borja. Inclusive, ambos campeões da LIbertadores. Vale lembrar a recepção para o Borja no aeroporto.
    - A escolha do técnico é achismo. Escrever qualquer coisa sobre a escolha do EB não ajuda. Porém, se a volta do Cuca era previsível, o melhor era ficar com o Valentim. Que por sinal saiu e já voltou!

    Ai vem o imponderável. Quem poderia imaginar que o Moisés iria se machucar e fazer tanta falta?
    Quem poderia imaginar que o Jean, Dudu, Tche Tche teriam uma queda tão acentuada de produção?
    Quem poderia achar que nossa sólida defesa do ano passado passaria a levar gols em todos os jogos? E não foi pela saída do Vitor Hugo, pois ele também não começou bem o ano.
    Quem poderia imaginar que ao invés do time engrenar com a chegada do Cuca, ficaria na mesma pasmaceira de altos e baixos que estamos acompanhando desde fevereiro?

    Algo aconteceu e acontece e o trabalho de todos precisa ser revisto.
    A única certeza que tenho é que nós torcedores fizemos nossa parte até aqui.
    Só não estive no Allianz quando não foi possível mesmo. Desde o amistoso contra a Ponte Preta e depois aqueles jogos sem grandes atrativos do Paulistão, passando por CB, Brasileiro e Liberta. Assim como outros milhares. Por isso mesmo não admito o discurso de que o Pauista não era prioridade. Como assim? Não o ganhamos desde 2008! Tem 33 jogadores a disposição e não entra para ganhar? Não vou vestir a fantasia de otário por achar que "perdi" meu tempo em assistir a um 2x2 contra o Audax. Deve explicação quem proporciona o espetáculo.

    Sobre pressão, obsessão, obrigação também tenho minhas ressalvas, pois no ano passado disputamos um campeonato que não vencíamos a 22 anos e não se falou nisso. OU foi disfarçado. Ou todos, diretoria, comissão técnica, jogadores e nós torcedores, lidamos muito bem com a situação. Por isso que acho estranho o que está acontecendo.

    Faltam 19 partidas. São 57 pontos em disputa. Até o Atlético-GO não pode se considerar rebaixado, portanto é absurdo ler que o quarto colocado, por estar 15 pontos atrás do líder, não tem mais chance. Simples. Estabeleça-se uma meta. 19 vitórias no returno. Que comam a grama. Que compensem a falta de técnica com raça e vontade. Certamente virá algum resultado.

    Abraço, bom final de semana e saudações Alviverdes

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ahhh Marcelonious... eu tbm gostaria que o mundo fosse assim... simples, estabelecido em "metas". Só que não é... eu tbm gostaria de rasgar essa "fantasia de otário' que, percebendo ou não, querendo ou não, nos é imposta todos os dias. Pular fora dela, pensar "fora do quadrado" é justamente o mais difícil... seja como for, 19 vitórias no returno. Nada menos para nós, que fizemos nossa parte... abs fratello.

      Excluir
  2. Eu acrescentaria: não só a midia gambá, mas muitos Palmeirenses covardes tambem. Ou se compra a imprensa como sempre fizeram os bambis ou faremos o dobro do esforço pra chegar ao topo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mas não se "compra" a imprensa assim Ednei. A imprensa se "conquista" com um longo e extenso trabalho que vai de grana à engenharia de marca, passando por mimos e presentes. Mas onde fomos "covardes"? Os jornalistas, vc diz? Pode ser, as vezes dá mais ibope metendo o pau, os caras tem vergonha de elogiar. Sabe qual é? O Palmeiras precisa trabalhar seu SOFT POWER... rs.

      A bambizada "conquistou" a imprensa com sua cara de "bom moço", diretores em altos postos e 3 mundiais... nosso caminho é outro, não fazemos bom mocismo, nossos diretores se estapeiam e nós perdemos e ganhamos mundias. Nossa história é muito mais humana do que esse pancake bambi. Vide a difereça entre Marcão e BibaCeni... queira ou não assim somos nós, e assim seremos, e assim venceremos! Abs

      Excluir
  3. Eu não me encaixo no perfil de torcedor chapa branca que vê as cagadas e se conforma. Igualmente não tenho vocação para ser enganado por uma turma de babacas. Sendo assim, estou deixando de acompanhar o futebol e consequentemente desistindo do Palmeiras que há muito tempo desistiu de mim. Boa sorte à todos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Duvido Ítalo. Tua paixão não te deixarás sozinho. Se fosse chapa branca, a mídia palestrina não criticaria tanto o Galiotte. É justamente pra DEIXAR DE SER ENGANADOS que estamos aqui, indo ALÉM da babaquice que vc ouve na imprensa. De toda forma, está começando a temporada da NFL, retribuo assim os votos de boa sorte. Abs... e por aqui JAMAIS desistiremos.

      Excluir
  4. Fosse eu o Borja mandava o Cuca tomar na primeira sílaba do nick bane dele.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. KKKKkkkkk... se eu fosse o Borja tentaria acertar mais bolas no gol tbm... rs. Grazie...

      Excluir
  5. Excelente texto , tenho acompanhado o blog, comentários sensato , deveria fazer um insta , tem muito insta ruim do palmeiras falando bobagens com grande alcance

    ResponderExcluir