sexta-feira, 29 de setembro de 2017

Um clássico, muitas histórias

Quem acompanha aos duelos entre Palmeiras x Santos, sabe que dalí sempre sai algo bom. Geralmente pra nós. Mas nem sempre foi assim.

Nascido antes do Palestra Itália, o Santos se beneficiou diretamente do café e do dinheiro que circulava na cidade litorânea ainda no início do século passado. Já tinha um bom esquadrão quando o Palestra Itália ainda engatinhava. Não raro levávamos tundas estremptuosas. Mas o tempo mudou...

O Palestra/ Palmeiras também sempre teve em suas finanças um de seus pontos fortes. Nossa coletividade empreendedora fez parte da história do nosso time e isso faz a diferença. Mas não param aqui as semelhanças. A maior talvez, seja o estilo de jogo ofensivo.

Os times santistas sempre revelaram bons jogadores, principalmente do meio pra frente. Possuem um estilo que privilegia o ataque e o toque de bola, assim como nós sempre fizemos, academicamente.

Os últimos anos acirraram um pouco essa contenda, haja vista as finais disputadas. Hoje, nos encontramos em situações semelhantes. Disputando ponto a ponto a presença no G4, o Palmeiras vem em ascensão, considerando a última vitória fora de casa. Deveremos ter o Allianz cheio e muita emoção.

Nessa hora portanto, é importante ter tranquilidade. Tranquilidade na defesa, na marcação, na transição e no ataque. Tranquilidade não é morosidade. É calma pra enxergar a oportunidade na hora certa e aproveitá-la. Assim decidem-se os clássicos.

Só um detalhe pro Cuca: põe o Guerra vai... reveza com o Profeta ou com o próprio Dudu, que não pode ser intocável. E no ataque... por incrível que pareça a torcida ainda tem esperança no Borja. Manda ele à campo Cuca! Revezando com o Bigode ou o Deyverson.

Os tempos são outros. Mas que as equipes possam HONRAR, pela impossibilidade de replicar, aquelas que há 58 anos atrás, cravavam um monumental 7x6 no placar de um Pacaembú atônito, extasiado e infartado (houve casos de pessoas que passaram mal nesse jogo). Não queremos infarte. Não queremos dor. Celebramos a VIDA e a ARTE que envolve esse espetáculo fabuloso chamado FUTEBOL. Por isso... PALMEIRAS!!!!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário