segunda-feira, 6 de novembro de 2017

2018 começa hoje

Hoje começa 2018 para o Palmeiras. Mas antes devemos refletir sobre o que se passou.

Sem churumelas, onde erramos pra termos ficado com um time tão ridículo assim em 2017? Vamos lá:

Ter perdido o Victor Hugo e não substituído a altura.

Ter mantido A MERDA do Egídio na lateral esquerda e não ter trazido um novo lateral esquerda, BOLA CANTADA DESDE FEVEREIRO DESTE ANO, que a posição era nosso elo fraco.

Não ter blindado o time após as críticas na eliminação do Paulista

Ter mandado o Batista embora cedo demais, prova disso a inconstância que tivemos com o próprio Cuca depois

A viagem do presidente no momento errado.

A falta de traquejo no caso Melo

O Mattos não ter trazido um lateral esquerdo e um zagueiro que suprisse a falta do VH (já falei isso né, então bora repetir)

MATTOS, VC FOI BURRO PRACARALHO!!!! Não ter fortalecido nosso elo fraco no time, pos tudo a perder. A sua falta de visão, não ter percebido algo que falávamos desde o fim do ano passado, é IMPERDOÁVEL.

Fique para 2018, sem dúvida (quem acha que ele foi ruim não imagina o nível sorrateiro que existe por aí). Mas reconheça SEUS ERROS. Você não blindou o time, contratou errado pra zaga e não contratou pra onde mais precisávamos.

Não adianta reclamar de juiz e o escambau. Perdemos para OS ERROS QUE COMETEMOS AO LONGO DO ANO. E só melhoraremos caso consigamos reconhecê-los. O que sinceramente, parece difícil.

Só pra finalizar, já mandei o Egídio tomar no centro do esfíncter? Não né... Então lá vai... EGÍDIO, VTNC, PORRA!!!!!!! E todos aquele que acreditaram e te escalaram, que vão em dobro! E DE QUEBRA LEVA O DRACENA DÁ PENA, O TCHETCHÊ ALEGORIA DE CARNAVAL E O ROGER GOSMA.

Bora começar 2018.

14 comentários:

  1. Bom dia Roberto...Excelente texto.
    Infelizmente, foram uma série de fatores que culminaram na derrota de ontem, realmente. O Egidio ja mostrou diversas vezes que nao tem condições de vestir a camisa do Palmeiras. Um desencontro entre diretoria e departamento de futebol visivel. A troca de tecnicos que não é benéfica em quase 99% dos caso, e neste ano foram 2 vezes. Tem que construir uma boa base, uma boa filosofia de trabalho. Bons nomes, o elenco tem de sobra. Mas nao é apenas isso que funciona dentro do futebol. É preciso um planejamento a médio e a longo prazo. infelizmente a diretoria pensa muito no imediatismo, e acaba metendo o pé pelas mãos. E isso nao é privilégio apenas do Palmeiras, mas sim de todos os clubes Brasileiros. com um bom planejamento, e firmeza nas convicções, com o elenco e estrutura, suporte financeiro, estadio que tem, o Palmeiras tem de tudo para ser campeão de tudo. Basta um planejamento. E que 2018 seja um ano mais feliz, e com menos idéias de imediatismo. Abraços, e parabens pelo blog. muito bom.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é fratello.... mas aí é que é o problema. O Brasil parece um país fadado a não ter planejamento. Se nem com o "melhor diretor de futebol do país", com patrocínio e dinheiro conseguimos isso, quando e com quem conseguiremos? Haja Paulo Nobre pra equilibrar essas pataquada... abs!

      Excluir
  2. Bom dia Roberto,
    Estava assistindo ao jogo e lembrando dos seus textos que alertaram ao longo do ano que defesa muito vazada não leva o time a uma posição de sucesso. Só para ficarmos nos últimos 5 jogos. Marcamos 12 gols e levamos 7!!!!! É muita coisa. Fica claro que a defesa é frágil e o meio campo não ajuda.
    Também concordo que será necessário uma rigorosa avaliação de todos, comissão técnica, diretoria e jogadores. O curioso é que ao contrário de praticamente todos os clubes brasileiros, o nosso problema não é dinheiro. Portanto, para 2018 temos obrigação de ir atrás dos melhores para cada uma das posições em que estamos deficientes.
    Que fique claro desde já que o Valentim é uma aposta. Ele tem um trabalho que não o credencia - Red Bull no Paulistão - e talvez careça de mais estofo em clubes de menor expressão. Para mim é apenas questão de coerência, pois achei a mesma coisa para o narigudo do Ceni e para o Batista no Palmeiras.
    Alguns jogadores tem que sair e outros só devem entrar em último caso.
    Ano atípico e cheio de coisas estranhas. Este, seguramente, é um dos piores campeonatos dos últimos tempos. É inacreditável pensar que gambás e sardinhas possam ficar com o título. Por outro lado, quantos jogos fizemos para dizer com tranquilidade que este time tem futebol e perfil de campeão?
    Feliz 2018 para todos nós.
    Forza Palestra.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exato Marcelo... tbm tem essas panelas de jogador são complicadíssimas. Enfim, é o ano pro Mattos se recuperar ou se afundar. Dependemos deles (Mattos e Galiotte). Vlw, abs! Forza (e Intelligenza)!!!

      Excluir
  3. Galluzzi, que jogo horrivel, onde o melhor zagueiro dos gambas era o Egidio que isolava todo contra ataque nosso, fora que Dudu e companhia não entraram em campo, o Moises ontem também esteve abaixo da média, apesar do gol, na realidade ontem a gambazada entrou como se fosse final e a gente como se tivesse em primeiro no campeonato com 20 pontos na frente, vergonha e se esse elenco queria a permanência do Valentim, conseguiram efeito contrário, duvido que ele continue depois do final do campeonato, o problema é quem vem?

    Acho que devemos começar uma campanha agora #VoltaNobre porque só de pensar na reeleição desse Galliote já dá medo no que possa acontecer nos próximos anos.

    E o Mattos que olhe realmente para as necessidades do time e traga o que precisamos e que os nossos "craques" tenham a hombridade e a humildade de fazer uma auto avaliação e perceber que são medianos e que precisam do conjunto para chegar em algum lugar, não adianta estrelismo, por isso acho que Felipe Melo, Borja e Cia tem que sair, muito barulho e pouco futebol

    Até 2018, que esse ano já foi.

    Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pode crer Denílson... mas eu ainda acreditaria nesses 2 últimos citados... o Borja pq lembra o caso Barrios... o Melo se ficar queito e só jogar. Agora é olhar pra frente. Abs!

      Excluir
  4. O jogador chuta a grama e é penalti?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não é pênalti, mas o zagueiro perder na corrida e despencar atrás do atacante é visto como tal por qualquer juiz. Foi posicionamento errado do Dracena e falha do Valentim em tê-lo deixado sozinho contra o malandro Jô.

      Excluir
  5. vejo mto mais o problema defensivo pq temos as DUAS laterais horríveis no critério MARCAÇÃO (ofensivo tbm bem fracos, seja lá quem jogue), do que a VH dependência!!! Juninho pra mim sempre foi fraco, mas acho que o A Carlos ou Luan jogam mais!! mas tbm SEMPRE achei, que senao em todos, ao menos em alguns jogos TEMOS que jogar com um volantão MARCADOR!!! e esse nao é o Tche2, nem BH, nem Jeans (senhor) nem Moi10 né porra!?!?!?!? Seria nosso jagunção T Santos ou o Melo, p assim ajudar um pouco mais ou expor um pouco menos o nosso frágil sistema defensivo!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vdd, nos falta um primeiro volante de contenção daqueles natos. Não vejo isso no Melo pq ele chega forte demais pra primeiro volante, seria expulso jogo si, outro também... seria o TS mas tbm tem suas limitações, ou seja...

      PRA 2018 TESTARIA A DUPLA DE VOLANTE AROUCA (CONTENÇÃO) E MELO (SAÍDA).

      No meio, Moisés e Dudu, Dudu e Guerra ou Guerra e Moisés. Ataque Borja e Bigode

      Agora, pra 2018 temos que achar a nova zaga e os novos laterais, senão nem pra semi do Paulista a gente chega. Aposenta o Zé (obrigado por nada em 2016), manda o Egídio pro SP so invés do Jean e acha nossa zaga com o que já contratamos...

      E PELO AMOR DE DEUS... QUE NOS TRAGAM 2 (não é mais um) LATERAIS ESQUERDA. Vlw, abs!

      Excluir
  6. Uma coisa já havia colocado em mente desde o início do segundo turno: iríamos brigar por G4, afinal abdicamos do campeonato no meio dele, o que é um absurdo e frustrante, afinal investimos para disputar a temporada em alto nível em todas as competições. Escolher competição seria uma postura para times que não possuiam banco de reservas, o que não é o nosso caso. Porém, fico feliz por estarmos aprendendo com nossos erros, como pode ser observado neste link ( http://www.lance.com.br/palmeiras/com-sem-valentim-verdao-sabe-nao-vai-priorizar-liberta-2018.html ). A grande questão, por não termos nos aproximado do líder, não foi porque empatamos com o Cruzeiro ou perdemos para o curicha. O Palmeiras abdicou de jogos ao fim do primeiro turno contra o Atlético Paranaense e Chapecoense, bem como um empate sofrido com o Bahia, já no segundo turno, todos em casa. É realmente uma pena, pois apesar de tudo isso ainda tivemos chance. Que 2018 seja um ano de OBSESSÃO POR TÍTULOS, seja em qual competição for. Abraço a todos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vero Franco, mas "obsessão" é um conceito que traz um germe perigoso, que é um "não pensar" meio insano. Precisamos ser mais frios e eficientes. Contratar melhor (e pontualmente), reestruturar a defesa, formar um time dedicado, trabalhar melhor a questão do comprometimento e empenho tático, essas coisas. De quebra, a diretoria tem que saber blindar melhor o time, defendendo-o publicamente nos momentos de crítica. É basicamente isso, aí as vitórias virão naturalmente, sem precisar viver de forma obcecada.... rs. Abs, vlw!

      Excluir
  7. Sociedade Esportiva Pipoca.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se eu já não tivesse presenciado mais de 10 títulos do Palmeiras ao vivo, talvez isso pudesse incomodar... mas a verdadeira paixão se dá pelos valores, não só por títulos, que podem vir de maneiras estranhas...

      Excluir