quarta-feira, 28 de março de 2018

Se não é pelo talento, é pela raça!

Curioso da imprensa que nos aponta como favoritos, ignoram que o dinheiro não cai do céu, mas através de competência e da força de nossa coletividade.

Mas o dinheiro que o futebol hoje exige não é suficiente pra colocar um time na final. Se não houver coesão e sinergia, o barco fica pelo caminho. E quase ficamos ontem.

Não precisava desse sufoco, mas nossa defesa fez questão de servir como elo fraco, caindo de produção justamente na parte mais difícil do campeonato. A dupla AC/TM vinha num crescente, mas precisa de uma remanejamento imediato.
No meio campo também temos dificuldade. Por vezes a marcação do Melo não é suficiente e abrimos espaços fatais. Falta aproximação. Já na parte ofensiva, falta um diálogo maior entre Dudu e Lucas Lima, dois diferenciais que não raro ficam presos à marcação.

Palmeiras em mais uma final. No local onde por tantas e tantas vezes estivemos, é só uma decorrência do trabalho iniciado há muitos anos. Uma final merecida, afinal ponteamos o campeonato desde seu início. Menção honrosa ao Jaílsão da Massa que pode levar o "bicho" em dobro...

Estar nessa final é espetacular e nos remete à 25 anos atrás, quando também tivemos um clássico decidindo o campeonato. Tal como naquela campanha, a conquista, imensamente comemorada, é um grande passo dentro de um objetivo maior. Avanti, Palmeiras!!!

4 comentários:

  1. Fala amigo, é rapaz ontem...a zaga fez o q eu temia, as 2 unica vez que a bola chegou... foi gol. olha ai Mitos Per l'amor di Dio, do meio pra frente bom, agora quem diria que eu iria falar isso mas o time ta sentindo falta do Boja. Pra final e LIbertadores tem quer ser mais letal. Abraços!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vdd Mineiro, o Borja é importante e ainda terá seu grande momento. Valeu!

      Excluir
  2. Leilocas, agora vcs tremem.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah sim... como a história comprova, não é? Tá com inveja da tia Leila é? Oras, pra quem serve de claque do LULA, isso não não é novidade! KKkkkkkkk...

      Excluir