terça-feira, 10 de abril de 2018

Final foi a cara do terceiromundismo

Essa derrota pros gambás da Zona Leste deixa ainda mais claro o que todos por aqui sempre souberam: NO BRASIL NÃO VALE O MÉRITO, VALE O INTERESSE POLÍTICO.

E é por essas e outras que o país não sai nunca do TERCEIRO MUNDO. Ano a ano perdemos gerações de jovens que querem, a qualquer custo, fugir desse antro de nojeira, roubo e injustiça no qual o país se transformou.

É Lula com PT, é Aécio e PSDB, é Globo com seus interesses populares, nada acontece nesse país sem que HAJA MUTRETA por trás. Quem faz as coisas corretas é invejado, criticado e prejudicado. QUE PAÍS PODE FUNCIONAR ASSIM?

Essa final de Paulistão foi NOJENTA, tendo critérios imparciais sendo colocados em campo. Auxílio externo que nunca antes havia acontecido, ou o que pudesse ser feito pra ofuscar nossa superioridade ao longo de todo campeonato.

Essa é a cara do Brasil. Um país entregue ao BANDITISMO e INTERESSE PRÓPRIO. O Palmeiras DESAFIOU o consórcio Globorinhians de Televisão por valores equânimes da TV, algo pelo qual sempre reclamamos. É lógico que será perseguido e prejudicado SEMPRE que possível, assim como o infeliz Vasco da Gama, depois de 1998.

APOIAMOS COMPLETAMENTE a Carta Aberta aos Torcedores Palmeirenses divulgada ontem de forma oficial pelo clube e compreendemos a revolta de tantos e tantos associados. E seguiremos de CABEÇA ERGUIDA, nossa resposta ainda virá EM CAMPO.

Palmeiras dá exemplo de competência, sendo invejado e prejudicado por quem sabe que nesse mundo da MERITOCRACIA pouca chance teria.

3 comentários:

  1. Galluzzi amigo, apoio TOTAL a essa gestão e as que antecederão de 2014 para cá. Mas... que fique de lição, assim como ja disse Alexandre Calil "libertadores se ganha nos bastidores tambem", quer ganhar a liberta??? Entra com sangue no olho e a diretoria atenta aos bastidores pq infelizmente, essa doença é sul americana, acontece aqui no Brasil e em todas as competições sul americana. Sou a favor do time de base no paulistão, outra coisa a Rede Globo faz seus boicotes na politica e no futebol, ela tem tudo haver com que aconteceu domingo, tudo pq assinamos com EI, e recusamos a proposta do pay per view, isso se chama RETALHAÇÃO, preparem que vem mais por ai e pode ser na Libertadores.Abraços!!!!

    ResponderExcluir
  2. Marcelo Amaral Camargo10 de abril de 2018 12:59

    Olá, concordo com todas as colocações, apenas vejo que desde sábado, as coisas podem começar a tomar um rumo diferente. A situação nas Américas não é boa, mas o presidente do Peru foi destituído, nós tivemos uma inepta retirada do poder há pouco e o padrinho dela agora está preso.
    Entendo que deva ocorrer uma "operação lava a jato" no futebol. O Palmeiras tem casos muito recentes como exemplo. O caso do Peñarol e a forma como foi o tratamento dispensado pelo Conmebol e os assaltos no Brasileirão e Paulista. Note que tivemos sérios problemas contra o mesmo adversário nos 3 últimos jogos. O mesmo adversário que está atolado em dívidas, tem um estádio envolvido em sérias suspeitas e agora um presidente que talvez esteja envolvido em algo que o obrigará a se entender com a justiça.
    Me coloco no lugar do Galiote e vejo uma situação muito difícil mas que também traz uma ótima oportunidade de se começar a mudar as coisas no futebol brasileiro e talvez sulamericano.
    Temos uma base montada e com grande chances de trazer ótimos jogadores para suprir eventuais deficiências e ter um belo resto de ano. E sem, por isso, ficar com problemas financeiros.
    Este é o momento da torcida continuar a contribuir na parte financeira, lotando o Allianz, sempre que possível, apesar do desânimo. E claro, continuar repercutindo o vexame que presenciamos no domingo.
    Apesar da gigantesca frustração, o momento pede calma para que sejam tomadas as melhores decisões. Não participar da entrega das medalhas no domingo, não ir à festa ontem - apesar de termos 8 dos 11 melhores jogadores além do técnico -, cortar relações com a FPF e já começar a exigir atenção com temas importantes como a filmagem e gravação dos diálogos dos árbitros.
    Mais uma vez poderemos inovar e sermos pioneiros. Vejo dificuldade apenas no aspecto de que a grande maioria dos clubes brasileiros estão passando por penúria financeira e aceitam qualquer quantia que aparece, mas a luta tem que se iniciar e este é o momento.
    Abraço e saudações Alviverdes.
    Forza Palestra e vamos atropelar o Boca amanhã para mostrarmos que o vexame de domingo não nos afetou.

    ResponderExcluir
  3. Galluzzi e amigos palmeirenses. Os outros times tão prejudicados neste campeonato deveriam seguir o exemplo do Palmeiras. Acredito até que foram ainda mais prejudicados. O Palmeiras ganhando ou não o Paulista, continua com o maior patrocínio do país, melhor plano de sócio torcedor está com o caixa cheio..... Alguns idiotas querendo tirar sarro da "tia Leila" . A empresa dela tem um lucro absurdo patrocinando o Palmeiras, coisa que outros não tem. Os outros times com essa farsa de campeonato foram mais prejudicados, pois contam com premiações e a visibilidade na mídia e foram prejudicados por arbitragens "suspeitas" beneficiando "o de sempre". Todos os outros times deveriam pensar nisso e seguir nosso exemplo. Ninguém tem que se prejudicado para pagarem a dívida de Itaquera

    ResponderExcluir