sexta-feira, 20 de abril de 2018

Palmeiras é RESISTÊNCIA

Fratellada, é o seguinte: como muitos devem ter percebido, estamos entrando numa nova era. Nessa era de “libertação” o ser humano está se reencontrando, se conhecendo melhor, querendo abandonar qualquer amarra que o detenha.

É certo que há muita coisa grotesca nesse caminho, mas justamente porque o ser humano é muito menos “pavão” do que imagina. E o que isso tem a ver conosco?

O Palmeiras está entrando nessa nova era. Ao desafiar o sistema (não o único, muitos outros já o fizeram, nem sempre com bons resultados), questionamos o modelo imperativo reinante, onde uma grande coorporação exerce seus interesses político-comerciais e acaba interferindo na parcialidade da competição esportiva, sensível a quaisquer favorecimentos.

A Rede Globo foi criad, em grande parte, para “doutrinar as massas”, com uma agenda positiva e liberal. Quanto a agenda, ótimo, mas todos aqueles que não se sentem confortáveis com tal doutrinação, não engolem o bom mocismo populista asqueroso de quem está ali simplesmente para controlar e lucrar.

Não há país no mundo onde uma única empresa de mídia tenha TANTA abrangência, tanta penetração junto à opinião pública. Assim é desde 1965 e assim será por muito tempo. E pra ter tanta abrangência, precisa PASTEURIZAR, PADRONIZAR, NIVELAR POR BAIXO (mas com uma produção espetacular) a linguagem que usa para vender sua notícia e imagem.

Acontece que tudo o que o palmeirense mais detesta é justamente, padronização e nivelamento. O palmeirense tem PERSONALIDADE demais pra isso, não se limita a cultura RALÉ que alimenta o povão todo dia.

O Palmeiras hoje tem dinheiro. Mas não só dinheiro, tem mídia. Antigamente todos precisavam da TV. Hoje ela já foi ultrapassada pela internet. Tecnologia para uma transmissão de qualidade já existe. Acontece que a Globo sempre teve os times na mão pois além da cota, agem como banqueiros, antecipando a receita dos depauperados clubes.

Mas quem tem a capacidade de e organizar e prescindir desa ajuda nefasta, se livra também das correntes. E é isso que o Palmeiras faz hoje, se livrando das correntes da Senzala Global. Mas saibamos que a vida “liberta” não será fácil, teremos sempre o SISTEMA jogando contra, o que nos coloca na posição de RESISTÊNCIA.

O Palmeiras hoje é a RESISTÊNCIA. Resistimos a dominação. Resistimos à perda da liberdade e ao acondicionamento eterno aos dítames do monopólio midiático e seu poder político-financeiro. Ao bater de frente com ele estaremos, por certo, escolhendo o caminho mais difícil. Mas é o único caminho que nosso coração aceita seguir.

AVANTI PALMEIRAS, MAIS DO QUE NUNCA ESTAREMOS UNIDOS!

2 comentários:

  1. Marcelo Amaral Camargo20 de abril de 2018 11:30

    Excelente! A foto então, ficou perfeita.
    Mais uma vez somos pioneiros e como sempre, mostrando para todos que o que é certo, é certo. Não queremos ganhar na mão grande, com pressões esternas e internas. Nosso compromisso é fazer o melhor possível dentro do campo. O melhor exemplo? O único time brasileiro que foi capaz de enfrentar e ganhar do Santos de Pelé.
    As duas frentes que a diretoria está desbravando - FPF/Krol e Globo - são importantíssimas e vão mudar a cara do futebol. O ideal seria que cada um se manifestasse com dignidade e profissionalismo, mas talvez não seja isso que veremos.
    Vamos aguardar.
    Abraços, saudações Palestrinas e Forza Palmeiras.

    ResponderExcluir
  2. O Palmeiras precisa manter-se firme contra a gangue global e da FPF, vamos mudar, vamos até o fim, não podemos recuar, seria uma catástrofe

    ResponderExcluir