sexta-feira, 27 de abril de 2018

O fedor que vem de longe

Time de BANDIDO é assim... ganha roubando, deve até pro marmiteiro, constrói estádio com dinheiro público e, recalcado por levar chapéu na contratação, tenta conturbar o ambiente alheio com fofocas.

Assim é a âncora da Zona Leste, que não tem patrocínio a altura do nosso por conta da imagem de BANDIDOS ASSASSINOS que o clube leva e por isso fica ressentido. Não, caro gambá. O arrasto da nação não tem um banco por trás. Tem o maior monopólio midiático do mundo lhe acariciando, só isso.

É pra não viver em um clube que LAMBE DE SACO DE LADRÃO, que se ufana em ser MALOQUEIRO, unha e carne com o BANDITISMO que o Dudu escolheu vir para o Palmeiras. Um time que se preza em correr pelo certo, não pelos calabouços do futebol.

Um time que nasceu pra ser do POVO e acabou como reduto MARGINAL, não tem absolutamente nada pra falar do Palmeiras, que tem o que tem por COMPETÊNCIA. Mas como o esgoto é dele, o fedor é inevitável. Ao cara de areia mijada fica um obrigado. Seu recalque será nossa experiência. Seu mau caráter (e burrice) servirá, mais uma vez, para nos impulsionar.

NADA une mais o Palmeiras do que uma derrota injusta pros BANDIDOS. A não ser a provocação de bastidor... 

6 comentários:

  1. Galluzzi, faz tempo que não escrevo mas to sempre lendo.
    Depois da final do Paulista pensei em desidtir de acompanhar o futebol...deu nojo o que fizeram e depois ainda arquivaram o caso.
    Mas não podemos deixar pra um lixo como esse Andrés Sanches...
    O cara manda e desmanda lá na favela....e a imprensa baba ovo dele.
    Nenhuma pergunta mais tensa ou direta pra colocar ele em maus lençóis....todos tem medo dele.
    Nosso presida tinha que vir e dar uma coletiva a altura e romper com essa taça maldita

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olha doug, compartilho do sentimento. É uma bandalheira tão grande que a gente se sente idiota torcendo pra um teatro já premeditado. Inclusive quanto a resposta do Galiotte, ajuda o elenco a se sentir respaldado. Vlw!

      Excluir
  2. Galluzzi,
    Eu trabalhei por muitos anos em grandes bancos internacionais. Um deles, em plena atividade da MSI, chegou a cogitar ser o principal patrocinar do SCCP. Me lembro que eu e vários outros executivos daquela organização estávamos reunidos em um evento de planejamento plurianual quando o diretor executivo de marketing nos informou que o banco havia desistido da ação de patrocínio do SCCP porque o clube tinha como principal característica a depreciação da marca. Os estudos haviam sido efetuados em casos concretos como: Tintas Suvinil do grupo BASF que viu o seu market share despencar em pouco tempo de patrocínio. Também o caso da Pepsi-Cola que precisou se reinventar para não ter perdas ainda maiores. O que falar, então, do Banco Excel-Econômico que teve falência evitada porque foi adquirido pelo Banco Bilbao Vizcaya Argentina. Pelas razões citadas um grande banco desistiu de patrocinar o time da marginal.
    Só para lembrar, a Samsung também foi um caso que representou perda de mercado durante o período que patrocinou o SCCP, só voltando a crescer quando começou a patrocinar o Palmeiras.
    Recentemente saiu a mídia que o Palmeiras ganhou o prêmio de excelência na gestão do futebol. Assim fica muito claro explicar a razão pela qual o pessoal do SCCP tem uma inveja monstra do sucesso palmeirense e parte para o ataque em pontos que a impressa vai explorar.
    Bom dia e bom final de semana

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Grazie, JB! Valiosíssimas informações, fratello! Vc veja que a realidade subjacente vai muito além do que a mídia de massa nos transmite. E o pior é que ainda se consideram "livres" pra escrever... abs!

      Excluir
  3. Esse bandido, aliado aquele partido dos petralhas, é uma das piores coisas do nosso futebol e olha que a disputa é bem forte.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O triste é que é bem representativo da classe política nacional. Na sarjeta, há muito... abs!

      Excluir